Feliz Ano Novo!

"Nós abriremos o livro. Suas páginas estão em branco. Nós vamos pôr palavras nele. O livro chama-se Oportunidade e seu primeiro capítulo é o Dia de ano novo."
 ( Edith Lovejoy Pierce )


Desafio Literário 2010 - Dezembro




O ano de 2010 está chegando ao fim. E com ele tambem termina o Desafio Literário 2010. O livro de dezembro encerra esse desafio que foi muito bom. Ele foi um incentivo para conhecer novos livros, acabar com antigos pré-conceitos litérarios e encontrar ótimos blogs e seus respectivos escritores.E para fechar bem o desafio não podia ter livro melhor: Coração de Tinta, da autora Cornelia Funke


Há muito tempo Mo decidiu nunca mais ler um livro em voz alta. Sua filha Meggie é uma devoradora de histórias, mas apesar da insistência não consegue fazer com que o pai leia para ela na cama. Meggie jamais entendeu o motivo dessa recusa, até que um excêntrico visitante noturno finalmente vem revelar o segredo que explica a proibição.
É que Mo tem uma habilidade estranha e incontrolável: quando lê um texto em voz alta, as palavras tomam vida em sua boca, e coisas e seres da história surgem como que por mágica. Numa noite fatídica, quando Meggie ainda era um bebê, a língua encantada de Mo trouxe à vida alguns personagens de um livro chamado ''Coração de tinta''. Um deles é Capricórnio, vilão cruel e sem misericórdia, que não fez questão de voltar para dentro da história de onde tinha vindo e preferiu instalar-se numa aldeia abandonada. Desse lugar funesto, comanda uma gangue de brutamontes que espalham o terror pela região, praticando roubos e assassinatos. Capricórnio quer usar os poderes de Mo para trazer de ''Coração de tinta'' um ser ainda mais terrível e sanguinário que ele próprio. Quando seus capangas finalmente seqüestram Mo, Meggie terá de enfrentar essas criaturas bizarras e sofridas, vindas de um mundo completamente diferente do seu.

Eu já tinha assistido a adaptação desse livro para o cinema e achei interessante, por isso quando vi que para dezembro a exigência era ter no titulo a palavra coração, logo pensei nele. Coração de Tinta é o primeiro de uma serie  incrivel. Tem aventura, mistério, magia, e muitos livros. Toda a história é ótima cheia de um encanto típico de conto de fadas. E, apesar de ser um livro bem grande, não  se torna cansativo.
Uma das coisas que mais gosto na história é  o amor que alguns personagens tem pelos livros. A Meggie anda com uma arca com seus livros preferidos por onde vai, o Mo cuida dos livros como se fossem criaturas vivas e muito sensíveis, e a tia Eleonor é completamente louca pelos livros também tanto que transformou a casa dela em biblioteca privada é claro porque niguém pode mexer em seus preciosos livros. E todo o tempo há trechos exaltando a importância dos livros.
Adorei o livro. E pretendo ler os outros da serie, tem muita história interessante por vir. Agora vou deixar um dos trechos que mais gosto.

"...Mas Meggie levava seus livros em todas as viagens também por outra razão. Eles eram seu lar quando ela estava num lugar estranho — vozes familiares, amigos que nunca brigavam com ela, amigos inteligentes e poderosos, audazes e experientes, viajados, aventureiros calejados. Seus livros a alegravam quando ela estava triste.."



É Natal!


Novidades

Quem é apaixonado por livros está sempre buscando as ultimas noticias do mundo literário. Principalmente com a rapidez e praticidade da internet que nos permite ter acesso a mais informações em menos tempo. Pensando nisso, resolvi dedicar um dia da semana para criar um post contando algumas novidades interessantes sobre livros. 


  • Foi divulgada a capa do quarto livro da serie Os Instrumentos Mortais, City of Fallen Angels.

Já fiz resenha aqui no blog sobre os dois primeiros livros dessa serie escrita por Cassandra Clare. E li o terceiro. Considero essa uma das melhores series do momento. Eu até estranhei quando fiquei sabendo que teria um quarto livro, já que o terceiro tem cara de fim de serie. Mas, pela sinopse e pelas comentários da própria autora, essa continuação  terá os mesmos personagens que conhecemos e amamo, porem será muito mais focada em Simon (o melhor amigo da Clary que se torna vampiro)). Então é esperar para conferir se City of  Fallen Angels continuará com o sucesso da serie.


  • Rechelle Mead divulga mais informações sobre novo livro
Falando ainda sobre novo livro de serie que conhecemos, temos novidades sobre BloondLines, novo livro  de Richelle Mead que será lançado no próximo ano. A autora divulgou que esse novo livro terá as mesmas regras do mundo vampirico que conhecemos em Vampire Academy. Também terão muitas diferenças, começando pela narradora, que nos seis primeiros livros da serie era a Rose, agora é a vez da SYdney. Quem leu Spirit Bloud, quarto livro, sabe que a Sidney é uma alquimista. Os alquimistas foram descritos no em Spirit Bound como   humanos com habilidades e treinamentos especiais para esconder do resto da humanidade a existencia dos vampiros, inclusive limpando a sujeira deixada pelos guardiões. Agora, em Bloondlines saberemos muito mais sobre os alquimista, já que a SYdney é a protagonista. Outros detalhes que Richelle disse foi que essa nova história terá como cenário uma escola normal, não mais a Academia de Vampiros. E, tambÉm que o protagonista é alguém já conhecido dos outros livros (quem acha que é o Adrian levanta a mão!).



Trecho de terça #3

Esse meme criado pelo  blog Me, MyShelf and I, em que  toda terça-feira tenho que postar um trecho legal do livro que estou lendo. 

O trecho de  hoje foi tirado do livro  que estou lendo para o desafio Literário desse mês, Coração de Tinta





“...Quando você leva um livro numa viagem”, dissera Mo quando ela pôs o primeiro no baú, “acontece uma coisa estranha: o livro começa a colecionar lembranças. Depois basta abri-lo, e você já está de novo no lugar onde o leu. Tudo volta, já nas primeiras palavras: as imagens, os cheiros, o sorvete que você tomou enquanto lia... Acredite, os livros são como papel pega-moscas. Não existe nada melhor para grudar lembranças do que páginas impressas...”


Capas de Orgulho e Preconceito

Já falei sobre o Skoob aqui no blog, é um site para fãs da leitura. E, já se tornou uma mania, sempre visito o Skoob para atualizar meu histórico de leitura, adicionar mais um livros na minha estante, ou somente participar das varias comunidades que tem por lá. Estava por lá só buscando novos livros e alguns conquistavam meu interesse pelas capas mais bonitas ou estranhas, pensei até em fazer um post sobre isso. Então, pensando nisso, resolvi procurar a capa mais bonita do meu romance favorito Orgulho e Preconceito de Jane Austen, porque nenhuma seleção dos melhores poderia existir sem ele. Mas, encontrei tantas edições dele aqui para o Brasil, que diante das variadas capas não teve como escolher uma. Sei que a maioria não é bonita, o tema são quase sempre iguais, mesmo assim senti a necessidade de fazer um post apenas com as capas de Orgulho e Preconceito.










Eu tenho a edição bilíngue da editora Landmark, essa terceira que tem a Elizabeth e Mr. Darcy do filme de 2005. Mas eu gosto mais da primeira, das flores vermelhas. E, para vocês qual a mais bonita ou que transmite melhor a idéia da clássica história de Austen ?


Trecho de terça #2



Esse meme criado pelo  blog Me, MyShelf and I, em que  toda terça-feira tenho que postar um trecho legal do livro que estou lendo. 

O trecho de  hoje foi tirado do livro O Legado da Caça-vampiros.




" ...Vitória ficou sozinha, aguardando ser anunciada, nervosa e na expectativa. Aquela noite seria sua estréia na sociedade... e também sua estréia  a nova caça-vampiros da antiga familia Gardella. Não apenas ela tinha que encantar os solteiros mais belos e ricos, mas também precisava  dar um jeito de achar e enfiar a estaca no seu primeiro vampiro. Aqui. No meio da sua apresentação a sociedade..."

Os Instrumentos Mortais 2- Cidade das Cinzas

Há pouco tempo foi lançado no Brasil o primeiro livro da serie Os Instrumentos Mortais que faz muito sucesso. Eu adorei essa serie e claro   devorei os três livros. Já comentei aqui sobre Cidade dos Ossos (primeiro livro), e agora vou  expor minha opinião sobre Cidade das Cinzas, segundo livro da serie.


Lembrando que a resenha tem spoilers do primeiro livro.


Sinopse

Clary Fray desejava apenas que sua vida voltasse a ser normal. Mas o que é normal quando você é um demónio-assassino Caçador de Sombras (Shadowhunter), sua mãe encontra-se em um coma mágico induzido, e você pode de repente ver Downworlders como lobisomens, vampiros, e fadas? Se Clary deixasse o mundo dos Caçadores de Sombras (Shadowhunters) para trás, significaria mais tempo com seu melhor amigo, Simon, que se está transformando mais do que um amigo. Mas o mundo dos Caçadores de Sombras (Shadowhunters) não está pronto para a deixar ir… especialmente seu considerável, enfurecedor, irmão, Jace. E a única possibilidade de Clary ajudar a sua mãe é seguir o Caçador de Sombras Valentine, que é provavelmente insano, certamente malvado … e também seu pai. Para complicar assuntos, alguém na cidade de Nova Iorque está assassinando crianças Downworlders. É Valentine atrás das matanças… e se for, o que está tentando fazer? Quando o segundo dos Instrumentos Mortais, a Espada-Alma, é roubada, o assustador Inquisidor chega para investigar. Como pode Clary parar Valentine se Jace está disposto a trair tudo que acredita para ajudar a seu pai? Nesta sequela, de tirar o fôlego, de Cidade dos Ossos, Cassandra Clare atrai os seus leitores de volta ao escuro Submundo (Downworld) da cidade de Nova Iorque, onde o amor nunca é seguro e o poder se transforma na mais mortal das tentações.


Cidade das Cinzas consegue ser ainda melhor que o primeiro livro. Como já conhecemos o complexo mundo dos Caçadores de sombras podemos nos concentrar mais na ação que ocorre na história.Valetine  já tem o cálice, e continua sua busca pelos outros  Instrumentos mortais. Alem disso, há mais perigos e mistérios no ar. Uma criança do povo das fadas e outra dos bruxos foram misteriosamente assassinadas, o que deixa em alerta todos os seres  das sombras.
 Resolver essa situação é tarefa dos Caçadores de sombra. Mas, os proprios caçadores parecem confusos, e até mesmo uma inquisidora insuportavel é mandada para Nova Yorque para investigar a suposta ligação entre Jace e seu pai, o vilão Valentini. Porem, O jovem Caçador de Sombras tem mais coisas com que preocupar alem da perseguição da inquiridora. Coisas como sufocar seus sentimentos por Clary, que no final do primeiro livro descobriu também ser filha de Valentine. Tentar compreender e aceitar seu passado encoberto por mentiras. E, tomar uma definitiva opinião contra ou a favor de seu pai. 
Enquanto os mistérios e duvidas cercam o mundo dos Caçadores de sombra, Clary tem sua propria dose de problemas que não são poucos. Sua a mãe continua inconsciente em uma cama de hospital. Simon, seu melhor amigo que é apaixonado por ela está mudando. Ela tem ainda que aprender a usar o seu dom especial para criar runas. E, lutar contra o amor nada fratenal que se por Jace.
Esse segundo livro é cheio de aventura e mistério, e o romance que estava nascendo entre a Clary e o Jace, no primeiro livro, toma outro rumo se tornando proibido e inquietante. E, tambem há o desenvolvimento ds alguns personagens secundarios, como o Simon, e o aparecimento de outros personagens como os pais de Alex e Isabelle, e Maia, uma jovem lobisomem. A Cassandra Clare conseguiu conduzir a história direitinho fazendo algumas revelações, e deixando outras perguntas no ar, o que faz com que não possamos esperar para ler o terceiro livro, Cidade de Vidro. 

Trechos de terça

Sempre quando estamos lendo um livro e encontramos uma frase ou cena interessante pensamos logo em compartilhar com outros, certo? Então quando eu vi esse meme no blog Me, MyShelf and I  achei perfeita. Funciona assim, toda terça-feira postar um trecho legal do livro que estou lendo. 
Quase sempre estou lendo mais que um livro por vez, então pode ser difícil
escolher. Porem, quando li essa carta não tinha como ser outro, é uma das declarações de amor mais bonitas que li. Esse trecho é do livro Onde terminam os Arco-iris.

"...É o homem mais afortunado do mundo ao te ter a seu lado, Rosie, mas não te merece e você merece  alguém melhor. Merece  alguém que te ame com todo seu coração, alguém que pense em ti constantemente, alguém que passe cada minuto de cada dia perguntando-se o que está fazendo, onde está, com quem está e se está bem. Precisa de alguém que te ajude a  realizar seus sonhos e que saiba te proteger de seus medos. Precisa de alguém que te trate com respeito, que ame cada parte de ti, sobre tudo seus defeitos. Deveria estar com alguém que possa te fazer feliz, realmente feliz, que te fizesse sentir flutuando de tanta felicidade. Alguém que deveria  ter aproveitado a oportunidade de estar com você anos atrás em vez de ter se assustado e amedrontado demais para tentar..."


Vampire Academy 5- Spirit Bound


Depois de Promessas de Sangue em que acompanhamos Rose na missão mais difícil, matar o homem que ela ama, chegamos ao quinto livro da serie com muita expectativa. Afinal, Depois de tudo que a guardiã sofreu no quarto livro poderia acontecer algo pior?


Sinopse:
Dimitri deu a Rose a escolha definitiva. Mas ela escolheu errado...
Depois de uma longa jornada de quebrar o coração até a cidade natal de Dimitri na Sibéria, Rose Hathaway finalmente retornou a St. Vladimir - e para sua melhor amiga, Lissa. A formatura está próxima, e as garotas mal podem esperar para suas verdadeiras vidas, além dos portões de ferro da Academia, começar. Mas O coração de Rose doí por Dimitri, e ela sabe que ele está lá fora, em algum lugar.

Ela falhou de matar ele quando teve a chance. E agora seus piores medos estão prestes a se tornar realidade - Dimitri provou o sangue dela, e agora ele a está caçando. Só que dessa vez, ele não descansara até que Rose se junte a ele... para sempre.

Se você ainda não leu o quarto livro, Cuidado! Spoiler!
  
Será que eu já disse aqui o quanto eu gosto dessa serie? Bem, nunca é demais repetir. Eu adoro Vampire Academy. Na minha opinião é a melhor serie de vampiros da atualidade. Richelle Mead é uma escritora incrível, sempre consegue fazer um livro melhor que o outro. E, mais uma vez não decepciona. Em Spirit Bound, temos ainda mais aventura, mistérios, e claro Rose se metendo em encrencas. 
Rose finalmente se forma como guardiã, e sabe que as chances dela ser a guardiã de Lissa é zero. Mas, Lissa já não é a principal preocupação da amiga. Quem leu o quarto livro sabe que a protagonista descobriu uma possibilidade de reverter a transformação de um strigoi. Por sorte, ou azar, Dimitri ainda está vivo (ou seria morto-vivo) e ela decidi tentar tudo para ter ele de volta. E para isso vai precisar da ajuda de um inimigo, lembra do Victor ? isso mesmo, o tio psicopata da Lissa.   
Enquanto Rose e seus amigos estão na perigosa e ilegal tentativa de libertar Victor e fazer Dimitri se tornar Dhampir outra vez, na corte a situação está complicada. É na corte que a rainha Tatiana e os outros Morois do conselho tomam as mais importantes decisões da sociedade vampirica, inclusive escolhem os guardiães. Como se proteger dos recentes ataques dos Strigoi, que estão cada vez mais poderosos e organizados, causam muitas discussões e intrigas na corte. Algo deve mudar, decisões devem ser tomadas. Porem nenhuma escolha pode agradar todo mundo.
O final é ótimo deixando várias duvidas no ar. Eu, e todos os fãs da serie aguardamos o lançamento de Last Sacrifici, o ultimo livro narrado pela Rose, para enfim acabar com todo o mistério e chegar ao final feliz para Rose e Dimitri, o que esperamos com a Richelle nunca se sabe. O lançamento nos Estados Unidos é para 7 de dezembro, no Brasil só Deus sabe ou talvez nem ele (o terceiro, Tocada pelas Sombras foi lançado só agora).

Gostaria de escrever muito mais por que esse livro está cheio de acontecimentos importantes, se fizer vou contar a história toda. Como não quero estragar a leitura de ninguém vou parar por aqui.

Retrospectiva Literária 2010

2010 foi um ano muito especial se tratando de leituras. Bati o meu recorde de livros lidos, conheci novos gêneros e autores, e encontrei outros apaixonados por leitura como eu. Foram tantas coisas que vale a pena relembrar. Então quando vi essa idéia da retrospectiva Literária no Blog Pensamento Tangencial achei perfeita para fechar bem esse ano tão especial.
.



Funciona assim, dia 03 de janeiro tenho que postar  os seguintes temas:
  • O livro infanto-juvenil que mais gostei:
  • A aventura que me tirou o fôlego:
  • O terror que me deixou sem dormir:
  • O suspense mais eletrizante:
  • O romance que me fez suspirar:
  • A saga que me conquistou:
  • O clássico que me marcou:
  • O livro que me fez refletir:
  • O livro que me fez rir:
  • O livro que me fez chorar:
  • O melhor livro de fantasia:
  • O livro que me decepcionou:
  • O(a) personagem do ano:
  • O(a) autor(a) revelação:
  • O melhor livro nacional:
  • O melhor livro que li em 2010

Legal hein, já estou até imaginando como vai ser difícil escolher um só livro para algumas dessas categorias como, o melhor livro de fantasia ou a saga que me conquistou. Mas, com certeza vai ser ótimo. 

Se voce se interessou é só visitar o blog Pensamento Tangencial e ver as regras.

Serie Norte e Sul (North e South)

Conheci essa mini serie através da comunidade do Orkut Series BBC, fiquei tão encantada que me senti na obrigação de escrever sobre Norte e Sul. 



 A história é fala sobre  Margaret Hale, uma jovem do Sul da Inglaterra que por circunstâncias familiares se vê obrigada a mudar-se para o Norte, à cidade industrial de Milton. Para a protagonista, o Sul onde havia nascido simbolizava o idílio rural, o triunfo da harmonia social e do decoro, contrapondo-se com o Norte e seu ambiente sujo, rude e violento. Margaret desgosta imensamente da nova cidade, mas, a força do seu carater e o orgulho não a deixam se abater.  Ela procura conhecer melhor o local e seus habitantes, se tornando amiga de alguns operarios , e percebendo a difícil realidade da população local. Já a Mr.John Thornton, dono de uma fábrica textil, a moça não faz questão nehuma de conhecer. Motivada por uma má impressão inicial e o preconceito que tem pela classe de Thornton, ela o rejeita.  Porem, com o passar do tempo e alguns acontecimentos, Margaret  terá que rever suas idéias pre-formadas sobre o seu querido Sul e  sua atual casa, o Norte. E, tambem deverá entender seus proprios sentimentos em relação ao homem que acostumou a odiar.

Eu amei essa serie, é linda. Nem acredito que levei tanto tempo para conhece-la. O romance entre Margaret Hale e Ms. Thornton  é  quase tão perfeito aos de Jane Austen. Inclusive uma parte me lembrou muito Orgulho e Preconceito. Mas, nem só de romance é feito Norte e Sul. Ela retrata muito bem  o choque cultural entre o Norte e o Sul da Inglaterra do século XIX, na época da revolução industrial, com muitos conflitos sociais e políticos. Aborda assuntos como,     capitalismo, a especulação de negócios, greves, organizações sindicais, confrontos de classes e interesses.

mini-serie  é mais uma brilhante produção da BBC, baseada no livro da escritora inglesa Elizabeth Gaskell. Depois de assistir a adaptação queria muito ler o livro, que normalmente é sempre melhor. Infelizmente não encontrei o livro em Português. Vi, lá na comunidade, que a editora Landmark  anunciou que vai lançar uma edição Bilingue. Ainda não tem data confirmada, mas, já traz esperança.( se alguém souber de alguma tradução e puder me passar me faria uma pessoa mais feliz). Uma história de amor, luta, e superação, que mostra uma parte da inglaterra que quase não se ve nos livros de romance. é claro, que já entrou para minha lista de preferidos.  Está recomendadissimo.


Opúsculo- A Paródia (de Crepúsculo)


Quando fiquei sabendo da existência de um livro que faz parodia ao Crepúsculo, fiquei super curiosa para ler. Afinal, que serie tem mais matéria-prima para ser parodiada que os livros da Stephenie Meyer. E foi com expectativa de muitas risadas que li Opúsculo.


Sinopse:


Escrito pelo grupo “The Harvard Lampoon”, responsáveis por outras sátiras a sagas famosas como “O Senhor dos Anéis”, o livro “Opúsculo – a Paródia” (”Nightlight” no original) conta a história de amor de Belle Goose e o misterioso e brilhante Edwart Mullen. A desajeitada garota obcecada por vampiros chega à cidade de Switchblade e observa estranhos acontecimentos. Um geek com nenhum interesse por garotas deixa seu almoço no prato e a salva de uma bola de neve ocasionando a revelação: Edwart só pode ser um vampiro.

“Sobre três coisas eu estava absolutamente certa.
Primeira, Edwart talvez fosse, muito provavelmente, minha alma gêmea.
Segunda, existia uma parte do vampiro dentro dele – que eu presumia que estivesse completamente fora de seu controle – que queria me ver morta.
E terceira, eu incondicionalmente, irrevogavelmente, impenetravelmente, heterogeneamente e ginecologicamente desejava que ele tivesse me beijado.”


EOpúsculo os personagens mostram sua verdadeira natureza, despidos de romantismo ou terror. Belle agi e pensa como Bella não se permite fazer, mas, no fundo as duas tem o mesmo objetivo. Se me ter em encrencas. É engraçado como controem os personagens tão parecidos com os de Crepúsculo sem a mascara de perfeição. E são as atitudes erradas e a sinceridade  deles que nos garante boas risadas, pelo menos nos primeiros capítulos do livro. Porque a história  vai se perdendo em seu objetivo. Para que servem as parodias, alem de nos fazem rir? Servem para mostra o outro lado da obra que está servindo de base. Mostrar coisas que muitas vezes nos passam despercebidos ou estão disfarçados.  É um critico usando o humor para passar sua opinião ao publico. Pelo menos é assim que penso.  
Como já disse, tinha grandes expectativas sobre esse livro. Apesar de rir muito com varias tiradas de Belle, acho que o livro não cumpriu o que eu esperava. A história de Crepúsculo existia muito mais a ser explorado, muito mais a ser criticado. Mas, Opúsculo, no final, se transformou em uma comédia ruim.  De qualquer maneira eu aconselho a ler, é um livro pequeno. Se não gostarem, na pior das hipóteses podem se inspirar em escrever uma parodia melhor.



Vampire Academy 4- Promessa de Sangue

Continuando a falar sobre uma das minhas series favoritas, Vampire Academy. Já comentei sobre os três primeiros livros, agora é a vez de Promeça de Sangue, quarto livro da serie (infelizmente ainda não lançado no Brasil).
  
Se voce ainda não leu os primeiros livros ( Porque ainda não leu, hein?!) já aviso que no texto a seguir contem informações reveladoras sobre a história.


Sinopse:
O coração de Dimitri Ficou Negro.Agora Rose deve viajar para o fim do mundo para encontrar – e matar – seu amor verdadeiro…Ou é hora de se juntar a ele?Ligada Por Amor, Mas Jurada a matar.
O recente ataque a Academia St. Vladimir devastou todo o mundo Moroi. Muitos estão mortos. E, pelas poucas vitimas carregadas pelos Strigoi, o destino deles é ainda pior. Uma rara tatuagem agora adorna o pescoço de Rose, uma marca que diz que ela matou Strigoi demais para contar. Mas apenas uma vitima importa… Dimitri Belikov. Rose agora deve escolher, um de dois caminhos bem diferentes: princesa – ou, abandonar a academia para sair sozinha em uma caça para matar o homem que ela ama. Ela terá de ir ao fim do mundo para encontrar Dimitri e manter a promessa que ele implorou para ela fazer. Mas a pergunta é, quando a hora chegar, ele irá querer ser salvo?Agora, com tudo em jogo – e mundos de distancia da St. Vladimir e sua desprotegida e vulnerável, e recentemente rebelde, melhor amiga – Rose pode encontrar forças para destruir Dimitri?
Ou, ela vai se sacrificar para ter uma chance em um amor eterno?


Quem acompanha a serie sabe como a Rose já sofreu. Em todos os livros acontecem coisas como, lutar contra inimigos, perder pessoas que ama, salvar Lissa, e ocultar seu amor por Dimitri. Ela nunca tem tempo para descansar e ter uma vida normal, quando ela está bem sempre acontece algo para destruir a alegria da moça. As vezes dá vontade de gritar com a Richelle  para ver se ela para de aprontar com a guardiã. E, então chega o quarto livro Promessa de Sangue e nessa história Rose sofri ainda mais que nos outros. Dimitri agora é um Strigoi (vampiro mau), embora não tenha sido escolha dele, a situação não pode ser mudada. E, para Rose só resta uma alternativa, abandonar a Academia e seus amigos, inclusive Lisa, e viajar sozinha para a Russia. Ela parti nessa triste viajem com o objetivo de encontrar e matar Dimitri. Pois esse era o desejo dele enquanto não era mau.

A situação de Rose é péssima, sozinha, com o coração despedaçado, em um lugar desconhecido, se preparando para matar o homem que ama. Será que as coisas poderiam piorar? Sim. Porque, se já era ruim procurar por Dimitri encontra-lo é ainda pior. Rose pode ver nos olhos dele que  se tornou um monstro ganancioso e sedento por sangue, que é capaz de matar qualquer um, inclusive ela. Mas, nem mesmo isso faz com que o amor que sente por ele desapareça. Então Rose tem que tomar a difícil decisão, destruí-lo ou, unir-se a ele.Fora de toda essa confusão (Rose x Dimitri/Strigoi) está Lissa. Pela primeira vez vivendo sem a guardiã para proteje-la. E a princesa Moroi consegue se meter em confusão, só que dessa vez ela está sozinha para resolver seus problemas. Isso é bom para ela aprender a ser independente e se tornar mais forte. E, só para variar queria ver a Lissa fazer algo para ajudar amiga, em vez de ficar sempre precisando dela.

Promessas de Sangue não decepciona, apesar do começo ser um pouco parado para o  padrão da serie. Principalmente depois que a Rose e o Dimitri finalmente se encontram a história se torna muito tensa e há momentos terrivelmente tristes e algumas surpresas e reviravoltas. Mas, já chega, não vou contar os detalhes. Só quero dizer que é uma boa continuidade da serie, que nos faz ter vontade de ler o quinto livro no mesmo instante. Eu fiz isso mas aí já assunto para uma proxima postagem. 

O que é Halloween ?

Dia 31 de outubro é conhecido como Halloween. Mas como muitas outras datas comemorativas, e bem, existem muitas mesmo, o verdadeiro significado do Halloween foi esquecido ou perdido. Porque voce não acha mesmo que essa festa foi originalmente criada para que as crianças se empanturrassem de doces ou, para inspirar diversos filmes de terror, né?
Muito bem então, vamos aos esclarecimentos.


A história desta data comemorativa tem mais de 2500 anos. Surgiu entre o povo celta, que acreditavam que no último dia do verão conhecido pelos irlandeses  como Samhain (31 de outubro), os espíritos saiam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos. Para assustar estes fantasmas, os Celtas colocavam, nas casas, objetos assustadores como, por exemplo, caveiras, ossos decorados, abóboras enfeitadas entre outros. Por ser uma festa pagã foi condenada na Europa durante a Idade Média, quando passou a ser chamada de Dia das Bruxas. Aqueles que comemoravam esta data eram perseguidos e condenados à fogueira pela Inquisição.
Com o objetivo de diminuir as influências pagãs na Europa Medieval, a Igreja cristianizou a festa, criando o Dia de Finados (2 de novembro).O Halloween foi levado para os Estados Unidos em 1840, por imigrantes irlandeses que fugiam da fome pela qual seu país passava e passa ser conhecido como o Dia das Bruxas e com o tempo foi estereotipado e ganhou novos elementos.
Porem, algumas tradições que reemcorporaram a cultura Celta, principalmente ligada a tradições mágicas como Wicca, mantem a data com o seu significado inicial. 


Desafio Literario- Livro reserva

Na madrugada passada terminei de ler mais um livro. Antes de Morrer de Jenny Downham é o livro reserva desse mes, que tenho orgulho de comentar com vocês agora.

Sinopse

Tessa é uma menina de 16 anos que tem uma doença incurável. Diante de seu imutável destino, ela organiza uma lista com o que gostaria de fazer antes de sua morte e parte em busca de realizá-la: se apaixonar, ter a primeira relação sexual, dirigir escondida, roubar coisas numa loja... viver o tempo que resta. Um tema doloroso, passado com leveza e doçura, em um texto verdadeiro e tocante, sem ser piegas.


Esse livro foi uma verdadeira surpresa para mim. Quando li a sinopse dele sabia que a história correspondia perfeitamente com o tema do desafio de outubro, Lição de vida. Imaginava que era a história de alguém que precisa conviver e suportar a certeza de uma morte proxima, algo já muito explorado pela literatura e o cinema., não tinha muitas expectativas alem disso. Mas, a história se mostrou muito melhor e mais original do que eu esperava.A autora soube escrever uma história tão proxima do real, que por vezes esquecemos que de fato é ficção. Não a pinturas ou disfarces, não é filme da Disney. Os personagens são humanos e imperfeitos, cada um a seu modo amadurecem com o problema, e não se tornam viloes ou mocinhos. São pessoas como voce ou eu. Poderia ser voce ou eu. E esse pensamento nos causa um aperto no coração.
Tessa sabe que vai morrer logo,  e sofre muito com essa certeza. Ela só tem desseseis anos e ainda nem viveu de verdade, passou a adolescência inteira sofrendo com a doença. Já que não pode mudar sua morte, tudo que resta a Tessa é escolher o que fazer com a vida que lhe resta. Então faz uma lista, que no decorrer do livro só aumenta mostrando como a garota tinha vontade de viver. Ela as vezes, muitas vezes, é egoísta, irresponsável e      não parece se importar com os outros. Mas, saber o que é certo ou errado em situações como essa? Além de todos os defeitos que tem há algo que a redime de qualquer falha, a coragem de lutar até o fim, até o ultimo suspiro, se apega a coisas pequenas, o barulho dos pássaros, o balanço das folhas, as histórias que lhe contam, e cada segundo passa ser precioso e único.
Posso definir esse livro como dolorosamente emocionante. Não contem para ninguém, eu chorei muito com os últimos capítulos. E, hoje acordei com uma dor de cabeça horrível e o questionamento incomodo "Será que estou aproveitando bem a dádiva incrível que é a vida?" Ainda estou pensando sobre isso até agora. O que significa que o livro é bom e cumpri sua missão: a vida acaba cedo ou tarde então aproveite. 

Eu Te Magoo, Voce Me Assombra

Quero indicar para vocês um livro que ainda nem foi lançado no Brasil, mas que eu li e achei muito bom. Na verdade ainda tenho muitos livro que li esse ano e ainda não comentei. Esse é  um deles.


Sinopse:
Garota conhece rapaz. A garota perde o rapaz. A garota tem o rapaz de volta ...Mais ou menos Ava não pode vê-lo ou tocá-lo, a menos que ela esteja sonhando. Ela não pode ouvir sua voz, exceto o fraco sussurrar de sua mente. A maioria acha que ela está louca, mas ela sabe que ele está aqui. Ela pensa em passar o resto de sua vida com ele. Ele está de volta dos mortos, como prova de que o amor realmente não conhece limites.


O que eu mais gostei nessa história, que diferente de tantas outras histórias com fantasmas, ela fala sobre sentimentos e emoções e não o sobrenatural. Não, que não goste de livros com elementos sobrenaturais, porque eu gosto muito, vampiros, bruxas, todos eles me fascinam. Porem a autora desse livro conseguiu de maneira breve e até mesmo  de maneira poética nos mostrar as duvidas, os medos, e a culpa que perseguem a  mocinha.
A Ava, protagonista da história, sofri muito com a morte do namorado, até parece desistir de viver. Então ele volta do mundo dos mortos. E agora Ava pode te-lo, mas, não como antes. Para ela está bom de qualquer maneira, e passa a viver em função desses encontros com o namorado fantasma. Mas, será que isso é o certo a se faz? ela vai ter que decidir se quer viver assim para sempre. 
Também gostei do final. é claro que não vou contar, é só que combinou com a historia perfeitamente. Como eu disse o livro é breve, mas  é emocionante do tipo que nós faz refletir.Ou talvez eu esteja mais sensivel porque tenho lido muitos livros refletindo sobre a morte. Seja o que for eu indico esse livro. Leiam e tirem suas conclusões. 

Livro: Como se Não houvesse Amanhã

Eu sou muito fã da banda Legião Urbana. Desde os treze anos eu ouço e viajo com as letras das musicas incríveis deles. por isso quando descobri a existência desse livro ele foi direto para minha lista de leitura. Pena que essa lista seja enorme, significa que vai demorar um pouco para eu ler. Mas, fica a dica para quem, assim como eu, é fã da melhor banda de Rock do Brasil.


Formada em 1982, a Legião Urbana – composta por Renato Russo, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá – é talvez a mais bem-sucedida banda de rock brasileira. Suas músicas embalaram, e ainda embalam, os sonhos, as alegrias, as tristezas e os amores de muita gente. Mesmo tendo encerrado suas atividades de maneira não planejada e trágica, devido a morte de Renato Russo em 1996, a Legião Urbana continua presente na mente e nos corações de milhões de pessoas. Então, não é surpresa alguma que suas canções também sirvam de inspiração para muitos artistas em atividade no Brasil. Incluindo escritores.
Prova maior disso é o livro de contos “Como se não houvesse amanhã”, organizado pelo escritor Henrique Rodrigues, que traz vinte histórias inspiradas em músicas da Legião Urbana, cada uma escrita por um autor diferente. Além de ser uma homenagem à banda que se tornou um mito, “Como se não houvesse amanhã” é também uma amostra do que há de melhor na literatura brasileira contemporânea.
A exemplo das músicas da lendária banda formada em Brasília, os contos tratam de temas universais como amor, perda, revolta, indignação, morte. E, assim como as canções da Legião Urbana, os vinte contos deste livro são delicados, profundos, inquietantes e belos. E todos foram feitos para serem lidos em volume máximo – sim, em volume máximo, tendo a Legião Urbana como som de fundo.
Sinopse retirada do Skoob

Lista de autores e as músicas escolhidas para cada conto:
Alexandre Plosk  – Que país é este
- Ana Elisa Ribeiro  – Andrea Doria
- Carlos Fialho (RN) – Faroeste Caboclo
- Carlos Henrique Schroeder – Há tempos
- Daniela Santi  – Será
- Henrique Rodrigues  – Acrilic on canvas
- João Anzanello Carrascoza  – Pais e filhos
Manoela Sawitzki  – Giz
- Marcelo Moutinho  – Vento no litoral
- Mariel Reis  – Música de trabalho
- Maurício de Almeida  – Sagrado coração
- Miguel Sanches Neto  – Meninos e meninas
- Nereu Afonso da Silva  – Ainda é cedo
- Ramon Mello  – Sereníssima
- Renata Belmonte – Por enquanto
- Rosana Caiado  – Eduardo e Mônica
- Sérgio Fantini  – Música Urbana 2
- Susana Fuentes  – Quando o sol bater na janela do seu quarto
- Tatiana Salem Levy  – Tempo perdido
- Wesley Peres – Monte Castelo


Desafio Literario- Outubro

No décimo mes do desafio literário 2010 o tema é Lição de vida. O livro que escolhi foi Para Sempre Alice da escritora Lisa Genova. Na verdade eu li ele antes de outubro. Porque ganhei de presente em dezembro, no amigo secreto, e não aguentei esperar dez meses para ler.  


Para Sempre Alice




Aos 50 anos, Alice começa a esquecer. No início, coisas sem importância, como o lugar em que deixou o celular, até que, um dia, ela se perde a caminho de casa. Um diagnóstico inesperado altera para sempre sua vida e sua maneira de se relacionar com a própria família e o mundo. Ela descobre que sofre do mal de Alzheimer de instalação precoce. Alice  sempre foi uma mulher racional e independente, uma reconhecida professora universitaria, acostumada a cuidar de si mesma. A descoberta e a evolução da doença são retradadas de maneira realista, mostrando os sintomas, tratamentos e principalmente as dificuldades e problemas que causam na vida dela.  Apesar de tudo, doença degenerativa e incurável,  incompreensão, e preconceitos Alice segue sua vida e continua sendo a pessoa que sempre foi. E, quando não há mais certezas possíveis, só o amor sabe o que é verdade.

Quando eu vi que o tema seria lição de vida já sabia que ficaria emocionada com os livros. E foi o que aconteceu mesmo, eu chorei muito no final. Não que tenha um fim trágico e grandes acontecimentos, no começou até meio chato. Mas, conforme a história evolui parece tão real que o drama da Alice poderia ser de alguém próximo a mim, ou mesmo meu no futuro. Além disso, o livro é centrado nos sentimentos e emoções da pessoa com a doença , e não das pessoas ao seu redor. O que não é muito comum, já que se trata de uma doença degenerativa  Então a história é sobre uma mulher com mal de Alzeheimer, seus sentimentos, duvidas e emoções, enfim,  como ela convive com essa triste realidade. 
No geral, eu gostei muito do livro e recomendo. é uma história emocionante de uma mulher que é forte e batalhadora até o ultimo momento, que luta pela vida, por cada dia e cada momento vivido.
E deixo, só para reflexão, um trecho  muito bom do livro:

"Meu ontens estão desaparecendo e meus amanhã são incertos. Então, para que eu vivo? vivo para cada dia. vivo o presente. Num amanhã próximo, esquecerei que estive aqui diante de vocês e que fiz esse discurso. Mas, o simples fato de eu vir a esquece-lo num amanhã qualquer não significa que hoje eu não tenha vivido cada segundo dele. Esquecerei o hoje, mas isso não significa que o hoje não tem importância."


Para quem não sabe o que é o mal de Alzheimer um breve esclarecimento:
O mal de Alzheimer, ou doença de Alzheimer ou simplesmente Alzheimer é a forma mais comum de demência. Esta doença degenerativa, até o momento incurável e terminal. Cada paciente de Alzheimer sofre a doença de forma única, mas existem pontos em comum, por exemplo, o sintoma primário mais comum é a perda de memória. Muitas vezes os primeiros sintomas são confundidos com problemas de idade ou de estresse. Quando a suspeita recai sobre o Mal de Alzheimer, o paciente é submetido a uma série de testes cognitivos. Com o avançar da doença vão aparecendo novos sintomas como confusão, irritabilidade e agressividade, alterações de humor, falhas na linguagem, perda de memória a longo prazo e o paciente começa a desligar-se da realidade. As suas funções motoras começam a perder-se e o paciente acaba por morrer.

50 livros lidos e algo mais

Eu sei que faz tempo que não escrevo no blog. É que tenho me dedico a um antigo projeto, escrever um livro. Todos os apaixonados por livros em algum momento já pensou em ser escritor. Eu penso nisso a muito tempo. Já tinha começado varias vezes, mas, sempre fui muito critica, e no final meus escritos não passavam pela minha aprovação. Porem, agora estou levando a serio de verdade, estou com mais de 90 paginas em word, e todo o resto da historia pronta na minha cabeça. O problema agora é ter tempo para tudo o que quero fazer. Manter esse blog atualizado, completar o desafio literário, terminar a fanfic de Orgulho e Preconceito que escrevo, meu livro, poesias e contos que as vezes me sinto inspirada em escrever, e claro, minha compulsão por leitura (sempre leio dois, três livros de uma vez). E tudo isso contrabalançado com a rotina do dia-a-dia, trabalho, casa, familia.
pelo menos um desafio foi completado. Aceitei  proposta de ler 50 livros esse ano, e essa semana eu consegui alcançar esse numero de livros lidos. como ainda faltam dois meses para 2010 acabar espero chegar aos 60 livros. E no ano que vem, pretendo ler ainda mais, quem sabe chego nos 100 livros lidos em 2011. seria muito bom. Mas, tem que fazer muito malabarismo para alcançar esse objetivo.
Essa é a lista dos livros lidos esse ano ( tentei colocar em ordem de leitura)
  1. A maldição
  2. Enfrentando o fogo
  3. O símbolo perdido
  4. Para Sempre- Serie Os Imortais I
  5. Lua Azul- Serie Os Imortais II
  6. Stardust- O Mistério da Estrela
  7. O segredo do Vale da Lua
  8. Todo ar que respiras
  9. A Utopia
  10. Beastly
  11. Alguém para Amar
  12. Audácia
  13. Os Delírios de consumo de Becky Bloom
  14. O Beijo das Sombras- Vampire Academy I
  15. Aura negra- Vampire Academy II
  16. Promessa de Sangue- Vampire Academy 4
  17. Spirit Bound- Vampire Academy 5
  18. Bodas de fogo
  19. A esposa virgem
  20. Shadowland- Serie Os Imortais III
  21. Cidade das Cinzas- Mortal Instruments II
  22. Cidade de Vidro- Mortal instruments III
  23. cidade dos Ossos- Mortal Instruments I
  24. Sociedade Secreta- Ritos de Primavera
  25. Sorte ou Azar
  26. Agora ou Nunca
  27. O Duke e Eu
  28. Muito Mais que uma Princesa
  29. Pecados Sagrados
  30. Reino de Sonhos
  31. Três Metros Acima do Céu
  32. Sociedade Secreta- Sob a rosa
  33. Sociedade Secreta- Top e Vestido
  34. Tudo Por Amor
  35. Whitney, meu amor
  36. Comer, Rezar, Amar
  37. Hush, Hush
  38. Noite Eterna
  39. Rubro
  40. O Diabo veste Prada
  41. Vampiro secreto- Night World I
  42. As Filhas das Trevas- Night World II
  43. A voz do Sangue 
  44. Colina das Bruxas
  45. Centúrias
  46. Soul Love- A noite o céu é perfeito
  47. Eu Te Magoo e Voce Me Assombra
  48. Lenda
  49. Souvenir
  50. A Professora de Piano


Ainda não resenhei nem a metade. Então, mais uma meta até o fim do 2010: resenhar todos os livros lidos.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página