Príncipe Mecânico - Cassandra Clare




Tessa Gray não está sonhando. Nada do que aconteceu desde que saiu de Nova York para Londres — ser sequestrada pelas Irmãs Sombrias, perseguida por um exército mecânico, ser traída pelo próprio irmão e se apaixonar pela pessoa errada — foi fruto de sua imaginação. Mas talvez Tessa Gray, como ela mesma se reconhece, nem sequer exista. O Magistrado garante que ela não passa de uma invenção. Para entender o próprio passado e ter alguma chance de projetar seu futuro, primeiro Tessa precisa entender quem criou Axel Mortmain, também conhecido como Príncipe Mecânico.
Sinopse retirada do Skoob


Esse livro é o segundo da trilogia As Peças Infernais da escritora Cassandra Clare. Onde ela mostra os Caçadores de Sombras vivendo aventuras na Londres vitoriana, antes mesmo do acordo deles com os seres sobrenaturais. Se você ainda não leu o primeiro livro da serie cuidado com os spoilers. 

Tessa Gray está vivendo no Instituto com os caçadores de sombras, apesar de ser bem acolhida por seus novos amigos, ela não pertence aquele lugar, não sabe nem o que é realmente ou aonde deveria estar. Tudo que ela tinha, família, sonhos, ficou no passado e agora ela precisa descobrir o que fazer da vida. O pessoal do Instituto está investigando o passado de Mortnain para tentar entender as motivações dele, e descobrir qual é a próxima jogada, tudo o que eles sabem do Magistrado é que ele odeia os Caçadores de Sombra e quer Tessa de qualquer maneira.Esse não seria um livro de Cassandra Clare se não houvesse vários mistérios e indecisões, alem de não sabermos a verdadeira natureza de Tessa, ainda os Caçadores esbarram em mais segredos, inclusive descobrimos mais sobre o comportamento bipolar de Will e a força da amizade dele com Jem.

Gostei bem mais desse livro do que o primeiro, não ficou tão focado só na Tessa. Tem todos os elementos de um bom livro,  um pouco de romance, esse quesito não vai decepcionar ninguém, também tem  ação, e boas doses de humor. O mais legal é que a escritora desenvolve melhor a historia dos outros personagens, Sophie, Charlote, Henry, os Lightwood , todos eles ganharam o  espaço devido nesse livro. E cada nova informação é uma peça para resolver o quebra-cabeça da história.

O ritmo da narrativa é muito rápido, a gente começa a ler e quando percebe o livro já acabou e ficamos com cara de bobos nos perguntando como isso é possível. E o final nos deixa com muita vontade de saber como a Cassandra vai resolver isso tudo. Assim como em Instrumentos Mortais tudo só será revelado no ultimo capitulo do ultimo livro, e pior que a sequencia, Princesa Mecânica, ainda não saiu no Brasil.


"Sinto me dissolvendo, desaparecendo no nada, pois se não há alguém no mundo que cuide de você, você realmente existe?"



O Oceano no Fim do Caminho- Neil Gaiman

Antes de comentar sobre esse livro quero deixar claro que sou fã de Neil Gaiman, ainda não li nem metade do todos os trabalhos dele, mas, de tudo o que li até agora só tenho coisas positivas a dizer. Seja escrevendo contos, romances HQs ou episódios do Doctor Who, Neil Gaiman é um escritor talentoso e surpreendente que todos deveriam conhecer.




Foi há quarenta anos, agora ele lembra muito bem. Quando os tempos ficaram difíceis e os pais decidiram que o quarto do alto da escada, que antes era dele, passaria a receber hóspedes. Ele só tinha sete anos. Um dos inquilinos foi o minerador de opala. O homem que certa noite roubou o carro da família e, ali dentro, parado num caminho deserto, cometeu suicídio. O homem cujo ato desesperado despertou forças que jamais deveriam ter sido perturbadas. Forças que não são deste mundo. Um horror primordial, sem controle, que foi libertado e passou a tomar os sonhos e a realidade das pessoas, inclusive os do menino.
Ele sabia que os adultos não conseguiriam — e não deveriam — compreender os eventos que se desdobravam tão perto de casa. Sua família, ingenuamente envolvida e usada na batalha, estava em perigo, e somente o menino era capaz de perceber isso. A responsabilidade inescapável de defender seus entes queridos fez com que ele recorresse à única salvação possível: as três mulheres que moravam no fim do caminho. O lugar onde ele viu seu primeiro oceano.
Sinopse retirada do Skoob


Nesse livro Neil Gaiman nos apresenta um homem comum, o nome do personagem nem é mencionado, porem, ele guarda em algum lugar, quase perdido na memória,  uma aventura estranha que ocorreu quando tinha apenas 7 anos. Quando as coisas não estão indo bem para o protagonista ele volta para sua casa de infância, e no fim da rua, na fazenda das  Hempstock, as memorias perdidas voltam.  E nos começamos a conhecer a história onde ninguém é o que parece, tudo pode ou não se real.

As Hempstock, avó, mãe, e filha, moram na fazenda no fim do caminho há  tempos, e conhece muito sobre esse mundo e todos os outros. E quando o menino se envolve sem querer  em problemas que estão alem da sua compreensão, e as Hempstock que ele pede ajuda.  Mas, na tentativa de resolver tudo, ele e sua nova amiga, a jovem Lettie Hempstock, complicam mais as coisas. Agora um ser antigo e misterioso esta a solta na vizinhança, e as intenções da criatura são puramente egoístas e vingativas, e eles devem solucionar isso antes que façam muitos estragos no nosso mundo. É muita responsabilidade para um garotinho mimado e solitário. Porem,  ao longo da história ele demostra coragem, e faz de tudo para salvar as pessoas que ama.

Todos os principais acontecimentos da história são apresentados para nós leitores através das lembranças  de infância de um homem de meia idade, então  dá para perceber a saudade da inocência e ilusões perdidas. Alem da duvida do que realmente é verdade, a imaginação das crianças é sempre fértil, principalmente de crianças solitárias, e ninguém mais lembra do que aconteceu alem dele. 

Adorei o livro, li tudo em um dia. A narrativa , com a mistura de elementos fantásticos, parece com uma dessas tentativas desesperadas de lembrar de um sonho impressionante que a gente teve a noite. E as mulheres Hempstock que são uma representação da deusa tripla em suas três faces, a anciã, a mãe, e a jovem, que é uma figura recorrente na mitologia, principalmente na mitologia celta pela qual sou fascinada. Neil Gaiman acertou mais uma vez, e prova porque é um dos meus autores favoritos.



Musica nos livros



Não é de hoje que percebo a boa combinação que os  livros tem a musica. Seja como trilha sonora, tema principal, ou adjetivo de algum personagem ou lugar, a musica sempre marca a sua presença.  Acho que isso é muito natural, afinal não é atoa que nós usamos a expressão Eu não vivo sem musica com frequência. Fazia tempo que queria comentar esse detalhe dos livros, e quando terminei de ler Entre o Agora e o Nunca decidi que era o livro perfeito para  começar.

No momento não vou fazer resenha do livro, e se você ainda não leu tenha cuidado porque pode ter spoilers.

Os personagens principais do livro deixam bem claro o seu gosto musical, a Camryn gosta de musica pop e dançante, enquanto o Andrew é um fã e defensor do rock in roll clássico. E não posso deixar de dizer que o Andrew tem meu respeito, o cara tem um gosto musical excelente, Led Zeppelin, Kansas, Bad Company, Rolling Stone, só o melhor do rock. Ao longo da historia ele se torna uma especie de orientador da Camryn, de varias maneiras, inclusive no gosto musical. Porem, ela também apresenta uma banda  nova a ele, o The Civil Wars. Confesso que a unica musica que tinha ouvido deles era Safe amp Sound com a Taylor  Swift que é tema do filme Jogos Vorazes. 

Selecionei algumas musicas que os personagens escutam e cantam no livro, se esse livro virar filme já vem com uma trilha sonora perfeita.


Ready for love- Bad Company


 Laugh I Nearly Died - Rolling Stone

Dust in the wind- Kansas

Barton Hollow - The Civil Wars




No Limite da Atração- Katie MacGarry



Ninguém sabe o que aconteceu na noite em que Echo Emerson, uma das garotas mais populares da escola,   se transformou em uma “esquisita” cheia de cicatrizes nos braços e alvo preferencial de fofocas. Nem a própria Echo consegue se lembrar de toda a verdade sobre aquela noite terrível. Ela só gostaria que as coisas voltassem ao normal.
Quando Noah Hutchins, o cara lindo e solitário de jaqueta de couro, entra na vida de Echo, com sua atitude durona e sua surpreendente capacidade de compreendê-la, o mundo dela se modifica de maneiras que ela nunca poderia ter imaginado. Supostamente, eles não têm nada em comum. E, com os segredos que ambos escondem, ficar juntos vai se mostrar uma tarefa extremamente complicada.
Ainda assim, é impossível ignorar a atração entre eles. E Echo vai ter de se perguntar até onde é capaz de ir e o que está disposta a arriscar pelo único cara que pode ensiná-la a amar novamente. No limite da atração é um livro sexy e envolvente sobre o amor de duas pessoas que estão perdidas e que juntas tentam desesperadamente se encontrar.

Sinopse via Skoob

De todos os novos romances que nos apresentam personagens problemáticos e atormentados, o casal desse livro é o dos que mais sofreram. Em No Limite da Atração conhecemos Echo e Noah, alem de estudarem no mesmo colégio e ter a mesma idade, parece que os dois não podiam ser mais diferentes. Porem, eles tem algo a mais em comum, ha algum tempo atras eles sofreram algo ruim que mudou suas vidas para sempre.

Noah perdeu os pais em um incêndio, foi afastado dos irmãos mais novos, e jogado em um lar adotivo. Nesses lares ele percebe o quanto as pessoas podem ser más e a unica maneira de sair inteiro disso é se tornando mais forte. Apesar de Noah adotar uma postura tipica de bad boy que não liga para nada e não se importa com ninguém, ele trabalha, tem bons amigos e ama os irmão e sonha reconstruir sua família.

Echo perdeu o irmão mais velho, que era o porto seguro dela no meio de uma família complicada. Depois da morte do irmão ela sofreu um acidente que a machucou tanto que bloqueou a memorio do que aconteceu.Ela tem cicatrizes nos braços que não deixam esquecer que algo muito ruim aconteceu. Depois do acidente echo se fechou para o mundo, deixou de lado a popularidade e  vida social, se dedicando apenas aos estudos;

Os dois são obrigados a visitarem uma orientadora do colégio, que tenta fazer Noah e Echo enfrentar seu passado e seguir em frente. Mas, os dois tem seus próprios planos, Noah quer ter os irmãos de volta e Echo quer descobri a parte perdida de sua memoria. Assim, eles que mal se olhavam  se unem para alcançar seus objetivos. A relação que se desenvolve entre eles faz com que vejam alem dos esterótipos.

Gostei muito desse livro, a maneira que a historia se desenvolve e os problemas que os protagonistas precisam enfrenta. A narrativa é feita pelos dois, eu gosto desse recurso nos livros que nos permite ter uma ideia melhor dos sentimentos e pensamentos dos envolvidos.

"O pior tipo de choro não é aquele que todos podem ver - a lamúria nas esquinas, o rasgar de roupas. Não, o pior tipo acontece quando sua alma derrama lágrimas e não importa o que você faça, não há maneira de confortá-la. Uma parte murcha e se torna uma cicatriz na parte da sua alma que sobreviveu. Para pessoas como eu e Echo, nossas almas contém mais cicatrizes que vida."

Então...

Sei que não posto nada ha meses. Aconteceu tanta coisa nesse tempo, e para falar a verdade, desanimei um pouco. Mas, eu gosto muito do blog, de saber que tenho esse espaço aberto para escrever sobre  coisas que gosto, e principalmente sobre livros, que são a minha paixão. Uma das coisas que me afastaram do blog foi a mudança, recentemente me mudei para uma nova cidade, agora eu moro em Lucas do Rio Verde em Mato Grosso. Até gostaria de saber de vocês se  tem alguém que mora aqui ou por perto com quem eu posso fazer amizades e trocar livros? Se tiver me deixem um recado aqui. 

Apesar de não ter comparecido no blog, em nenhum momento abandonei os livros. Vocês podem ver pelo tanto de livros que li nos meses passados, já atualizei minha lista de lidos em 2013. Esse ano vou chegar fácil a meta de 100 livros lidos. E, enquanto mais livros leio, mais eu quero ler.É como brigadeiro ou ouvir musica, uma compulsão. 

Vou fazer o possível para deixar de ler, e escrever mais, isso vale para as postagens do blog e também para os meus projetos literários. 
Até mais!


Novidades e informações

Acho que deveria mudar o nome dessa postagem para "Novidades e informações que todo mundo já tá cansado de saber menos eu ". Sério, parece que fico uns dias longe do blog e quando volto tem um monte de coisa legal acontecendo ou por acontecer. Então esse post é só para falar das noticias do mundo literário no cinema, adaptações de livros como sempre .

Há muito tempo fiz resenha dos livros e deixei claro como gosto da serie Academia de Vampiros, e também fiquei super animada quando vi noticias de que teria um filme. Isso foi há muito tempo mesmo e depois nada mais foi dito sobre isso. Alguns dias (leia-se semanas) atras finalmente foram definidas datas para o filme que só vai estrear em 2014,  e foi escolhido o elenco principal do filme, e mesmo sendo noticia antiga não posso deixar de comentar aqui.

São, respectivamente, Zoey Deutch ( como Rose Hathaway), Danila Kozlovsky (Dimitri Belikov), Lucy Fry  (Lissa Dragomir).
Sinceramente não sei o que pensar desse elenco não lembro de ter visto nenhum deles atuando, então nada para saber se são bons ou não, e pelo tipo físico acho que ficou bem parecido. Agora é esperar e ver o resultado.

Outra serie interessante  que em breve irá para as telinhas é Divergente.  É mais uma história distópica,  estilo Jogos Vorazes, já li o primeiro livro e gostei bastante. Já até foi escolhida a atriz que fará a protagonista Beatrice Prior (Tris).


A atriz é bem bonita e dizem ser talentosa., acho que ela tem tudo haver com a Tris. Ansiosa por esse filme também.

O filme Em chamas, sequencia de Jogos Vorazes, estará nos cinemas somente em novembro. Porem, para a felicidade dos fãs várias imagens. Olha o poster da katniss com esse vestido incrível, lindo.


Para quem quiser ver os outros posteres do filme eu vi nesse site Distrito 13 lá tem tudo sobre Jogos Vorazes.


Só os loucos sabem

Todo mundo já sabe sobre a morte do Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr. , desde ontem muitas coisas bonitas e tristes foram ditas nos sites e Facebook, mensagens de despedida dos fãs e muitas criticas. Porque as pessoas se importam, se comovem com a morte de alguém que nunca conheceu pessoalmente, um artista que muitos, assim como eu, infelizmente,  nunca poderam ver um show e nunca mais vão ver? Todos os dias morrem várias pessoas no mundo todo, pessoas que nem sabemos que existem. Nós nos comovemos com a morte do Chorão, não porque ele seja melhor que qualquer uma dessas pessoas,  e sim pelas mensagens  conscientes ou não transmitidas pelas letras de suas musicas. Um artista seja qual for sua arte, tem a capacidade e oportunidade de transmitir seus sentimentos e opiniões através de suas obras, e quando nós pessoas normais e distantes vemos/ouvimos essa obra e prestamos atenção e entendemos o seu significado, nesse momento estamos mais próximos desse artista do que de qualquer outra pessoa no mundo.
As musicas do Charlie Brown Jr. fizeram parte da  trilha sonora da minha adolescência, quando eu estava descobrindo o rock in roll comecei a curtir o rock nacional mais antigo e atual (há 12 anos atras), e lá estava o   Chorão começando sua carreira. Então, eu fico triste sim, e  acho que fará falta, principalmente para o Brasil  onde o rock atual está se perdendo. Fico triste pelo Chorão e por todos os artistas que se vão quando ainda tem tanto pela frente a fazer. A vida é assim mesmo, e como disse Cazuza,  o tempo não para.    



O Labirinto dos Ossos- Rick Riordan

Depois de tantos elogios aos livros infanto-juvenis de Rick Riordan, quem não conhece a serie Percy Jackson, resolvi ler ao algo desse autor. Escolhi Labirinto dos Ossos que é o primeiro livro da serie 39 Clues, só depois que terminei de ler e fui procurar a continuação descobri que na verdade nessa serie cada livro tem um autor diferente, e  o Rick Riordan só inicia e não volta mais. Parece confuso, mas, por enquanto  (já li até o quinto livro) o resultado está bom. Vamos a resenha sobre o Labirinto dos Ossos.



Sinopse 
Imagine se você descobrisse que faz parte de uma família de personalidades que mudaram a História. E imagine se, no minuto seguinte, você tivesse que escolher entre herdar um milhão de dólares ou a primeira de 39 pistas para encontrar o maior tesouro do mundo. Essa é a decisão que os órfãos Amy e Dan Cahill devem tomar em apenas cinco minutos. Os irmãos queimam seus cheques e se lançam na busca das 39 pistas. O que eles nem imaginam é que seus maiores inimigos serão os próprios Cahill, uma família dividida em clãs e capazes de qualquer trapaça para chegar ao tesouro.

Os irmãos Amy e Dan apesas de tão jovens (ela tem 14 e ele 11  anos) não tem  muita sorte, os pais morreram em um misterioso incêndio quando eles eram bem pequenos, e as crianças  ficaram aos cuidados de uma tia-avó insuportável, a unica pessoa que gostava deles era a avó Grace, e agora ela está morta. E para piorar a situação o testamento de Grace revela que há muitos segredos rondando a gigante  família Cahill, e apresenta um grande desafio a todos os parentes, encontrar as 39 pistas. É quando os irmãos aceitam o desafio e participam da caça as pista concorrendo contra seus próprios parentes  que a aventura começa.


Esse livro tem muita ação, o que parece ser o normal para as histórias do Rick Riordan, a Amy e o Dan não tem paz,  tem perseguições,  explosões, espionagem, e viagens para lugares estranhos. Você pode pensar que por serem todos da mesma família  apesar de terem clãs diferentes que dividem os Chill, os caçadores de pista podem agir com camaradagem e se ajudarem não é, nada disso. É uma equipe mais trapaceira que a outra, eles não tem escrúpulos e faram de tudo para vencer, de inocente e desinformado só o Dan e a Amy mesmo. Não é a toa  que o lema desde o começa é "não confie em ninguém". Alem disso o que mais há   nessa  história são os mistérios, que tesouro inestimável é esse que todos se arriscam tanto para encontrar? Porque a avó nunca contou nada aos irmãos? Que clã eles pertencem? O que realmente aconteceu com os pais deles? 

Gostei muito desse livro, tanto que continuo lendo a serie, é super leve, o humor fica garantido pelo Dan que é um pestinha, e como já falei tem muitas aventuras. Os mistérios da busca das pistas que são apresentados nesse livro nos prendem do inicio ao fim, não que no fim explique muita coisa porque é uma serie com dez livros. Também gostei da pista estar ligada a um personagem famoso e/ou um momento histórico real, dessa vez foi falado sobre Benjamin Franklin, descobrimos mais sobre sua história, as invenções, e claro o fato dele ser um Cahill ( afinal todo mundo que é importante de alguma maneira está aparentado a essa antiga e misteriosa família). Não posso falar muito mais do enredo porque o mistérios e as descobertadas que acontecem aos poucos são fundamentais para quem está lendo. Indico esse livro para todos aqueles que apreciam uma boa e rápida história infanto-juvenil. 




Legend - Marie Lu



Sinopse: 
Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda. O que outrora foi o oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação eternamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, June e Day não têm motivos para se cruzarem – até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Preso num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos.

Desde que li a sinopse desse livro, que conta muito da história, achei bem interessante. Esperei até janeiro para ler porque distopia é o tema do Desafio literário 24/12, então a leitura dele já vale como meu primeiro livro para o desafio desse mês. Legend nos apresenta um futuro nada animador, desestres naturais, doenças,  guerra, e a desigualdade social ainda maior. O diferencial dessa história é que tem dois narradores em situações opostas, sabe aquilo de sempre conhecer os dois lados da mesma historia, temos isso em Legend, então descobrimos que há mais coisas a ser consideradas. 

De um lado temos June, uma garota super inteligente e de classe rica. Ela foi a unica a tirar nota máxima nos testes de aptidão que todos os jovens tem que se submeter quando completam 12 anos,  é o resultado desse teste que determinara o futuro dos jovens. Com apenas 15 anos ela já está na faculdade e é recrutada para um alto posto no governo, June cresceu acreditando nos ideias da republica e sente-se horada em trabalhar para eles.   Então temos Day, ele também tem 15 anos e é muito inteligente, mas, nasceu no lado pobre da cidade. Quando ele fez o teste algo deu errado, e  precisou fugir, a família dele pensa que está morto e nem faz ideia que na verdade ele se tornou um criminoso procurado pela republica. Na verdade, ele é uma especie de Robin Hood juvenil, o que irrita bastante a Republica é como ele é sempre mais esperto que eles e consegue fugir.

Gostei do livro, tem 256 paginas,  foi uma leitura bem rápida e dinâmica  com os capítulos alternados entre os dois protagonista. Tem ação, algum mistério, só não esperem muito por romance, a reviravolta no fim do livro foi legal e me deixou curiosa para ver o que acontecerá no próximo  Sim, é uma serie, hoje em dia a maioria dos livros voltado para o publico jovem  é em serie, tudo bem não vou reclamar sobre isso, porque quero continuar acompanhando a história desses jovens prodígio  June e Day. Para quem gosta de Distopias  ou de uma história mais direta e movimentada  Legend é boa indicação. 

200 Anos de Orgulho e Preconceito



Na Inglaterra, em 1813 era publicado, de maneira despretensiosa, pela primeira vez,  o livro Orgulho e Preconceito. Hoje, duzentos anos depois, ele é  um dos romances mais aclamados da literatura. É inegável a influencia de Orgulho e Preconceito, já foi inspiração para muitos outros livros, foi adaptado para o cinema, televisão, teatro, e sempre aparece nas listas de clássicos que todos devem ler. 


Já disse varias  vezes aqui no blog como sou fã de Jane Austen, mas, nunca expliquei como tudo começou. Em 2006 assisti o filme de 2005 com a Keira Knightley  no papel de Elizabeth Bennet e Matthew Macfadyen era Sr. Darcy, foi amor a primeira vista. Quando o filme acabou fiquei tão encantada que pesquisei informações sobre ele e descobri ser a adaptação de um livro. Lógico que ler ele se tornou vital, e a feliz surpresa  que o livro é ainda melhor que o filme. Orgulho e Preconceito foi o primeiro livro que comprei na minha vida e já li tantas vezes que perdi a conta.



Várias vezes fiquei perdida em pensamentos tentando entender o que faz que um livro seja tão bom e viciante  que se torne um clássico lembrado séculos depois de ser publicado. Todos os anos vários novos livros são lançados no mercado editorial,  mas, só alguns ficaram para sempre marcados na historia da literatura, e também na historia pessoal de cada leitor. Até hoje não encontrei uma resposta para isso. Só tenho certeza que não há outra escritora como  Jane Austen. já li todos os outros livros dela e gosto de todos, cada um a sua maneira,  mas, Orgulho e Preconceito vai ser sempre o meu romance favorito, e desejo que ele seja lembrado muitos seculos mais.



Postagens anteriores relacionadas a Orgulho e Preconceito:

Capas de Orgulho e Preconceito

Metas para 2013



Olá pessoal, mais um ano terminou, e esse 2012 passou tão rápido! Nessa época do ano é inevitável fazer um balanço de tudo o que passou e planejar o que está por vir. A verdade é que sou um desastre fazendo planos a longo prazo, todo fim de ano faço uma lista dos meus objetivos para o próximo ano, e depois de um tempo não lembro o que tinha desejado e nem onde guardei a lista. 

Então para 2013 optei por metas bem simples, e escrevendo-as aqui fica impossível não lembrar.


  • Ler no minimo 100 livros - Em 2012 li somente 73 livros, acho que poderia ter feito melhor, e esse ano quero pelo    menos chegar a 100 livros.

  •  Ler mais livros nacionais- Tenho visto muitos livros nacionais interessantes, mas, o velho habito sempre me leva para a literatura estrangeira. Nesse ano quero conhecer e ler mais os nossos autores nacionais.

  • Fazer mais resenhas- Deixei muito a desejar nesse quesito, resenhei muito pouco dos livros que li. Agora vou tentar resenhar assim que terminar a leitura.

  • Completar o desafio literário 24/12 e qualquer outro que ainda estou decidindo se vou participar.


Balanço literário de 2012



 Em 2012 li  apenas 73 livros, bem abaixo do 123 que li em 2011. Mas, analisado pela qualidade da leitura considero que foi bem satisfatório. Alguns livros que gostaria de destacar:


  • Serie O Guia do Mochileiro das Galáxias- Terminei de ler os últimos três livros da serie esse ano e já aproveitei para reler os dois primeiros. Adoro todos os livros, é repleto de humor inteligente, viagens estranhas e acontecimentos inusitados.

  • A Culpa é das Estrelas- O livro do John Green foi o mais emocionante que li esse, ha muito tempo eu não chorava no fim de uma leitura.


  • Feita de Fumaça e Osso- Foi uma surpresa para mim, não esperava muito dele, e acabou se tornando um dos meus preferidos desse ano. 

  • Estudos sobre Veneno- Esse é outro livro, primeiro de uma trilogia, que adorei. Magia, aventura e uma protagonista forte e corajosa.

  • Em Busca do Paraíso- Esse posso considerar o melhor romance, a  autora Judith McNaught nunca me decepciona.

  •  Cinquenta Tons de Cinza- Esse livro me decepcionou muito. Tanto que era comentado em todas as mídias e se tornou sucesso de vendas, mas, no final não era nada diferente de muitos que tem por ai. Na verdade já li livros com uma temática parecida, com uma história melhor desenvolvi, sem toda essa enrolação.


Segue a lista dos livros que li no ano que passou.


Janeiro

1. Avalon High- Meg Cabot
2. O Diario de Anne Frank
3. O Duque- Gaelen Foley

Fevereiro

4. Muito Barulho Por Nada- Willian Shakespeare
5. Conspirações- Edson Aran
6. Boas Vibrações- Lisa Kleypas
7. Se Te Atreves- Kresley Cole

Março

8. A Caminho da Sepultura- Jeaniene Frost
9. Sonhos de um Guerreiro da Escuridão- Kresley Cole
7. O Incêndio de Troia- Marion Zimmer bradley
8. Dezesseis Luas- Kami Garcia, Margaret Stohl
9. O Amante de Lady Sophia- Lisa Kleypas
10. A Guerra dos Tronos- Georege R. R. Martin
Abril
11. A Vida, o Universo, e Tudo Mais- Douglas Adams
12. Até Mais, e Obrigado Pelos Peixes!- Douglas Adams
13. Praticamente Inofensiva-  Douglas Adams
14. Se Me Trair- Kresley Cole
Maio
15. Pode Beijar a Noiva- Meg Cabot
16. Tudo Bem Quando Termina Bem - Willian Shakespeare
17. A Doçura da Chuva- Deborah Smith
18. Estilhaça-me- Tahereh Mafi
19. A Verdade Sobre Lorde Stoneville- Sabrina Jeffries
20. Ecos da Morte- Kimberly Derting
21. A Maldição do Tigre- Colleen Houck
Junho
22. Em Busca do Paraiso- Judith McNaught
23. Anjo Mecânico- Casandra Clare
24. Rainha das Sombras- Dianne Sylvan
25. Tentados-Elisabeth Naughton
26. Marcada- Elisabeth Naughton
27. Como Conquistar o Diabo-Teresa Medeiros
Julho
28. Sugar Daddy- Lisa Kleypas
29. Hearts at Stake-Alyxandra Harvey
30. Blood Feud -Alyxandra Harvey
31. Out for Blood-Alyxandra Harvey
32. Bleeding Hearts- Alyxandra Harvey
Agosto
33. A garota americana -Meg Cabot
34. Paixão Diabólica- Teresa Medeiros
35. O Inimigo Secreto- Agatha Christie
36.  Perdida - Carina Rissi
Setembro
37. Arrebatada- Elisabeth Naughton
38. Isolados- Lisa Marie Rice
39. Paixão Selvagem-  Teresa Medeiros
40. Belo Desastre- Jamie Mcguire 
41. A Garota que Perseguiu a Lua- Sarah Addison Allen 
42. Predestinados- Josephine Angelini
43. Love Story- Jennifer Echols
44. Cinquenta Tons de Cinza- E. L. James
45.O Destino de uma Condessa- Eva Ibbotson
Outubro
46. Storm of Shadows- Christina Dodd 
47. Chains of Ice-  Christina Dodd
48.Nove Regras Que Romper Para Comquistar um Libetino-Sarah MacLean
49. Dez Maneiras de Ser Adorada Enquanto Conquista um lord- Sarah MacLean
50. O Duque Perdido de Wyndham- Julia Quinn
51. Feita de Fumaça e Osso- Laini Taylor
52.Os Perigos de Perseguir um Principe- Julia London
53. Um Lugar Para Ficar- Deb Caletti
54. A Culpa é das Estrelas- John Green
55.Toque de Gelo- Jennifer Estep
Novembro
56. Chains of Fire- Christina Dodd
57. Escondidos- Maya Banks
58. Estudos sobre Veneno- Maria V. Snyder
59. Estudos Sobre Magia-  Maria V. Snyder
60. The Goddess Test- Aimee Carter
61. Aden Stone contra o Reino das Bruxas- Gena Showalter
62. O Reverso da Medalha- Sidney Sheldon
63. Lola e o Garoto da Casa ao Lado- Stephanie Perkins
Dezembro
64. A Seleção- Kiera Cass
65. Um Gosto de Vida- Susan Mallery
66. Coração Em Risco-Lisa Marie Rice 
67.Os Desejos da Bela Adormecida- Anne Rice
68. Ana e o Beijo Francês- Stephanie Perkins
69. Aqui é o Melhor Lugar- Cecelia Ahern
70. O Prazer de Mackenzie- Linda Howard
71. Jogo do Acaso- Linda Howard
72. Uma Proposta Irrecusável- Jill Mansell
73. Nenhum Lugar Para Fugir- Maya Banks


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página