Desafio Literário para 2013

Esse ano não participei de nenhum desafio, porque perdi o prazo de inscrição e acabei deixando de lado. Mas, senti falta de um desafio, de ler algo diferente, de me surpreender. Apesar de ser terrível para seguir objetivos e cumprir metas, eu me divirto e aprendo tentando. Então para 2013 resolvi participar do Desafio 24/12 do blog Sombra do vento, já participei desse desafio em um ano passado, só que não cheguei ao final, dessa vez quero fazer tudo certo. 


Como funciona o desafio:
São dois livros para ler a cada mês, de acordo com o tema determinado. O legal é que escolho um dos livro agora e o outro posso escolher no  próprio mês. E os temas também não são tão complicados assim, e tem bastante opções de escolha. Quem se interessar e quiser participar também ou saber mais informações é só ir lá no blog Sombra do Vento.

Minha lista:

Janeiro: Distopias
Legend- Marie Lu
Esse foi fácil escolher, distopias estão na moda e tem várias livros interessantes e outros nem tanto, Legend parece bom, está na minha lista de leitura já, assim aproveito o tema do mês para ler.

Fevereiro: Infanto - Juvenil
Como Trinar o seu Dragão- Cressida Cowell
Esse é o primeiro livro de uma serie juvenil bem conhecida, parece uma leitura leve e divertida.

Março: Anjos ou Vampiros
Bloodlines - Richelle Mead
Sou fã da serie Academia de Vampiros, e Bloodlines e o primeiro livro de uma nova serie da Richelle que tem como protagonistas alguns dos personagens já conhecidos de VA.

Abril: Terror ou suspense
Uma Voz na Escuridão- Sandra Brown
Esse é um tema que eu não costumo ler, o que dá mais sentido ao desafio. Escolhi um livro de suspense da Sandra Brown, já tinha lido romances dela e gostei, então tem mais chance de gostar desse também. 

Maio: Livro de banca
Coração eterno – Linda Howard
Comecei a gostar de livros de banca faz três anos , quando tive que ler um para o desafio literário. Sei que tem muita gente que não gosta desse estilo de livro, muitos até por preconceito. Tem vários romances de banca muito bons e, igual a qualquer outro gênero literário,  tem outros ruins, é só uma questão de escolha.  

Junho: Contos ou crônicas
Esse ainda estou em duvida, não conheço muitos livros de contos ou cronicas, sempre preferi historia mais longa e elaboradas. Se alguém tiver alguma dica estou aberta a sugestões.

Julho: Clássicos da Literatura
Norte e Sul- Elizabeth Gaskell
Tenho vontade de ler esse livro desde que vi a serie da BBC. O problema era o preço dele, mas agora no fim de ano aproveitei uma promoção e finalmente comprei. O difícil vai ser resistir até julho sem ler.

Agosto: Chick-lit
Fiquei Com Seu Numero- Sophie Kinsella
Chick-lit é outro tema que não leio com frequência  Escolhi esse livro pelas resenhas positivas que li no Skoob e nos blogs literário.

Setembro: Livros Nacionais
O Inverno das Fadas- Carolina Munhóz
Adorei esse mês, em 2013 quero aumentar minha leitura de livros nacionais. Tem tantos livros bons que surgiram nesses últimos anos que escolher só um para por na lista foi bem difícil. 

Outubro: Livro adaptado para o cinema
Um Homem de Sorte- Nicholas Sparks
Mais um livro do Nicholas Sparks que se tornou filme, nada surpreendente né, mas, mesmo assim eu adoro todas as historias dele e quero muito ler todos.

Novembro: Livro que você tem há muito tempo e nunca leu
O Amor e Outras Catástrofes da Natureza -Holly Shumas
Ganhei esse livro em uma promoção já faz uns dois anos e ainda não consegui ler, acho que é o mais antigo, sempre faço  o possível para ler os livros que tenho.

Dezembro: Autor internacional (menos Americanos ou Britânicos)
As Memórias do Livro- Geraldine Brooks
Quando vi esse tema não imaginei que fosse tão difícil escolher, a verdade é que minha lista de leitura está bem limitada a literatura norte-americana atual e os clássicos ingleses. Esse que escolhi é de uma autora Australiana.


Feliz Natal




Boa Noite pessoal, o natal está quase acabando e só agora vim aqui , mas, como diz o ditado antes  tarde do que nunca. Eu não tenho muito isso de espirito natalino, é só que adoro qualquer feriado, e o natal é como um momento parado no tempo que você pode ter alegria e esperança independente de todo o resto estar ruim. 
 Feliz Natal para todos, que seja cheio de alegria e presentes, de preferencia muitos livros.




A Culpa É Das Estrelas- John Green



Sinopse:
Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

Já tinha lido várias resenhas elogiando esse livro, mas, essa história parecia tão triste que deixei de lado por um tempo. Então, mês passado resolvi ler A Culpa É Das Estrelas, e a verdade, é um livro triste sim, mas também é engraçado, e inspirador. Aconteceu exatamente como diz na capa, eu ri, chorei, e não queria que acabasse jamais. As vezes penso em como é estranho que um livro pode mexer tanto com minhas emoções, até mais que muitas pessoas que conheço. Então penso como isso faz sentido, os livros são todo um mundo esperando para ser assim que alguém começa a ler.

É inevitável se envolver emocionalmente com  Hazel,uma garota de 16 anos que vive esperando pela morte. Todo mundo que está vivo sabe logicamente que vai morrer algum dia, o problema é saber que tem os dias contados. O que fazer, que tipo de conduta seguir quando sabe que não tem muito tempo? A Hazel vive isso, ela não vai a escola, quase não tem amigos, e seus pais vivem em função da saúde dela, tudo isso a deixa deprimida. Ela vai em um grupo de apoio como uma alternativa de se sentir mais motivada, lá ela conhece o Augustus, ele também já teve câncer e entende bem o que ela está passando. Os dois logo se tornam amigos, eles tem coisas em comum, são muito inteligentes e maduros para sua idade, e não tem paciência para o drama.

Outra coisa que a Hazel e o Augustus tem em comum é gostar de ler. Ele gosta de livros de ação, e o livro favorito dela é Uma Aflição Imperial, eles trocam de livros, o que é uma boa maneira de conhecer mais um do outro. Os dois se tornam inseparáveis, e vivem muitas aventuras juntos. É muito legal acompanhar a evolução da relação dos dois, não é nada forçado ou dramático demais, e os diálogos entre eles são ótimos, com reflexões inteligentes e engraçadas. Esse aquele tipo de livro que tem tanto sentimento e perspectivas  que  nos faz pensar em tudo que está escrito e muito além.  

 Adorei a maneira que  o autor escreve, ele pegou um  tema já considerado clichê na literatura e conseguiu criar uma história encantadora. Poderia falar tantas outras coisas sobre esse livros, mas, já chega, o importante é saberem como amei essa história e recomendo a todos. Até já coloquei outros livros do John Green na minha interminável lista de futuras leituras.  Tem vários trechos interessantes no livro, mas, gosto particularmente dessa frase do Augustus, porque traduz um sentimento muito natural em mim, .

"Meus pensamentos são estrelas que eu não consigo arrumar em constelação"




Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página