A Culpa É Das Estrelas- John Green



Sinopse:
Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

Já tinha lido várias resenhas elogiando esse livro, mas, essa história parecia tão triste que deixei de lado por um tempo. Então, mês passado resolvi ler A Culpa É Das Estrelas, e a verdade, é um livro triste sim, mas também é engraçado, e inspirador. Aconteceu exatamente como diz na capa, eu ri, chorei, e não queria que acabasse jamais. As vezes penso em como é estranho que um livro pode mexer tanto com minhas emoções, até mais que muitas pessoas que conheço. Então penso como isso faz sentido, os livros são todo um mundo esperando para ser assim que alguém começa a ler.

É inevitável se envolver emocionalmente com  Hazel,uma garota de 16 anos que vive esperando pela morte. Todo mundo que está vivo sabe logicamente que vai morrer algum dia, o problema é saber que tem os dias contados. O que fazer, que tipo de conduta seguir quando sabe que não tem muito tempo? A Hazel vive isso, ela não vai a escola, quase não tem amigos, e seus pais vivem em função da saúde dela, tudo isso a deixa deprimida. Ela vai em um grupo de apoio como uma alternativa de se sentir mais motivada, lá ela conhece o Augustus, ele também já teve câncer e entende bem o que ela está passando. Os dois logo se tornam amigos, eles tem coisas em comum, são muito inteligentes e maduros para sua idade, e não tem paciência para o drama.

Outra coisa que a Hazel e o Augustus tem em comum é gostar de ler. Ele gosta de livros de ação, e o livro favorito dela é Uma Aflição Imperial, eles trocam de livros, o que é uma boa maneira de conhecer mais um do outro. Os dois se tornam inseparáveis, e vivem muitas aventuras juntos. É muito legal acompanhar a evolução da relação dos dois, não é nada forçado ou dramático demais, e os diálogos entre eles são ótimos, com reflexões inteligentes e engraçadas. Esse aquele tipo de livro que tem tanto sentimento e perspectivas  que  nos faz pensar em tudo que está escrito e muito além.  

 Adorei a maneira que  o autor escreve, ele pegou um  tema já considerado clichê na literatura e conseguiu criar uma história encantadora. Poderia falar tantas outras coisas sobre esse livros, mas, já chega, o importante é saberem como amei essa história e recomendo a todos. Até já coloquei outros livros do John Green na minha interminável lista de futuras leituras.  Tem vários trechos interessantes no livro, mas, gosto particularmente dessa frase do Augustus, porque traduz um sentimento muito natural em mim, .

"Meus pensamentos são estrelas que eu não consigo arrumar em constelação"




Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. Nossa eu li esse livro e depois que terminei deu vontade relê-lo realmente é encantador como o Green narra a estória tão encantadoramente eu me apaixonei por esse livro e um dos melhores de 2012 , adorei a resenha beijos ! :)

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  2. Eu PRECISO ler esse livro!!
    Quero desde o lançamento e nunca comprei! Morro de raiva de mim quando lembro disso, kk.
    Não adianta, todo mundo fala muito bem do livro e do autor. Vou ter que criar vergonha na cara.
    Beijinho, Larissa
    Another Words
    http://anothersimplewords.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oiii :)
    Awn, eu totalmente eu esse livro! Acho que é uma leitura que toda pessoa deveria fazer um dia. Achei que o que você disse se encaixou perfeitamente, sobre o John Green pegar esse tem que já virou clichê (Cof cof, Nicholas Sparks, cof cof *mas eu amo*) e fazer com ele uma história linda. Eu realmente amei o livro e quero ler de novo *-*

    Beijos, Nanda
    Julgue pela Capa

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página