Desafio Literário para 2013

Esse ano não participei de nenhum desafio, porque perdi o prazo de inscrição e acabei deixando de lado. Mas, senti falta de um desafio, de ler algo diferente, de me surpreender. Apesar de ser terrível para seguir objetivos e cumprir metas, eu me divirto e aprendo tentando. Então para 2013 resolvi participar do Desafio 24/12 do blog Sombra do vento, já participei desse desafio em um ano passado, só que não cheguei ao final, dessa vez quero fazer tudo certo. 


Como funciona o desafio:
São dois livros para ler a cada mês, de acordo com o tema determinado. O legal é que escolho um dos livro agora e o outro posso escolher no  próprio mês. E os temas também não são tão complicados assim, e tem bastante opções de escolha. Quem se interessar e quiser participar também ou saber mais informações é só ir lá no blog Sombra do Vento.

Minha lista:

Janeiro: Distopias
Legend- Marie Lu
Esse foi fácil escolher, distopias estão na moda e tem várias livros interessantes e outros nem tanto, Legend parece bom, está na minha lista de leitura já, assim aproveito o tema do mês para ler.

Fevereiro: Infanto - Juvenil
Como Trinar o seu Dragão- Cressida Cowell
Esse é o primeiro livro de uma serie juvenil bem conhecida, parece uma leitura leve e divertida.

Março: Anjos ou Vampiros
Bloodlines - Richelle Mead
Sou fã da serie Academia de Vampiros, e Bloodlines e o primeiro livro de uma nova serie da Richelle que tem como protagonistas alguns dos personagens já conhecidos de VA.

Abril: Terror ou suspense
Uma Voz na Escuridão- Sandra Brown
Esse é um tema que eu não costumo ler, o que dá mais sentido ao desafio. Escolhi um livro de suspense da Sandra Brown, já tinha lido romances dela e gostei, então tem mais chance de gostar desse também. 

Maio: Livro de banca
Coração eterno – Linda Howard
Comecei a gostar de livros de banca faz três anos , quando tive que ler um para o desafio literário. Sei que tem muita gente que não gosta desse estilo de livro, muitos até por preconceito. Tem vários romances de banca muito bons e, igual a qualquer outro gênero literário,  tem outros ruins, é só uma questão de escolha.  

Junho: Contos ou crônicas
Esse ainda estou em duvida, não conheço muitos livros de contos ou cronicas, sempre preferi historia mais longa e elaboradas. Se alguém tiver alguma dica estou aberta a sugestões.

Julho: Clássicos da Literatura
Norte e Sul- Elizabeth Gaskell
Tenho vontade de ler esse livro desde que vi a serie da BBC. O problema era o preço dele, mas agora no fim de ano aproveitei uma promoção e finalmente comprei. O difícil vai ser resistir até julho sem ler.

Agosto: Chick-lit
Fiquei Com Seu Numero- Sophie Kinsella
Chick-lit é outro tema que não leio com frequência  Escolhi esse livro pelas resenhas positivas que li no Skoob e nos blogs literário.

Setembro: Livros Nacionais
O Inverno das Fadas- Carolina Munhóz
Adorei esse mês, em 2013 quero aumentar minha leitura de livros nacionais. Tem tantos livros bons que surgiram nesses últimos anos que escolher só um para por na lista foi bem difícil. 

Outubro: Livro adaptado para o cinema
Um Homem de Sorte- Nicholas Sparks
Mais um livro do Nicholas Sparks que se tornou filme, nada surpreendente né, mas, mesmo assim eu adoro todas as historias dele e quero muito ler todos.

Novembro: Livro que você tem há muito tempo e nunca leu
O Amor e Outras Catástrofes da Natureza -Holly Shumas
Ganhei esse livro em uma promoção já faz uns dois anos e ainda não consegui ler, acho que é o mais antigo, sempre faço  o possível para ler os livros que tenho.

Dezembro: Autor internacional (menos Americanos ou Britânicos)
As Memórias do Livro- Geraldine Brooks
Quando vi esse tema não imaginei que fosse tão difícil escolher, a verdade é que minha lista de leitura está bem limitada a literatura norte-americana atual e os clássicos ingleses. Esse que escolhi é de uma autora Australiana.


Feliz Natal




Boa Noite pessoal, o natal está quase acabando e só agora vim aqui , mas, como diz o ditado antes  tarde do que nunca. Eu não tenho muito isso de espirito natalino, é só que adoro qualquer feriado, e o natal é como um momento parado no tempo que você pode ter alegria e esperança independente de todo o resto estar ruim. 
 Feliz Natal para todos, que seja cheio de alegria e presentes, de preferencia muitos livros.




A Culpa É Das Estrelas- John Green



Sinopse:
Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

Já tinha lido várias resenhas elogiando esse livro, mas, essa história parecia tão triste que deixei de lado por um tempo. Então, mês passado resolvi ler A Culpa É Das Estrelas, e a verdade, é um livro triste sim, mas também é engraçado, e inspirador. Aconteceu exatamente como diz na capa, eu ri, chorei, e não queria que acabasse jamais. As vezes penso em como é estranho que um livro pode mexer tanto com minhas emoções, até mais que muitas pessoas que conheço. Então penso como isso faz sentido, os livros são todo um mundo esperando para ser assim que alguém começa a ler.

É inevitável se envolver emocionalmente com  Hazel,uma garota de 16 anos que vive esperando pela morte. Todo mundo que está vivo sabe logicamente que vai morrer algum dia, o problema é saber que tem os dias contados. O que fazer, que tipo de conduta seguir quando sabe que não tem muito tempo? A Hazel vive isso, ela não vai a escola, quase não tem amigos, e seus pais vivem em função da saúde dela, tudo isso a deixa deprimida. Ela vai em um grupo de apoio como uma alternativa de se sentir mais motivada, lá ela conhece o Augustus, ele também já teve câncer e entende bem o que ela está passando. Os dois logo se tornam amigos, eles tem coisas em comum, são muito inteligentes e maduros para sua idade, e não tem paciência para o drama.

Outra coisa que a Hazel e o Augustus tem em comum é gostar de ler. Ele gosta de livros de ação, e o livro favorito dela é Uma Aflição Imperial, eles trocam de livros, o que é uma boa maneira de conhecer mais um do outro. Os dois se tornam inseparáveis, e vivem muitas aventuras juntos. É muito legal acompanhar a evolução da relação dos dois, não é nada forçado ou dramático demais, e os diálogos entre eles são ótimos, com reflexões inteligentes e engraçadas. Esse aquele tipo de livro que tem tanto sentimento e perspectivas  que  nos faz pensar em tudo que está escrito e muito além.  

 Adorei a maneira que  o autor escreve, ele pegou um  tema já considerado clichê na literatura e conseguiu criar uma história encantadora. Poderia falar tantas outras coisas sobre esse livros, mas, já chega, o importante é saberem como amei essa história e recomendo a todos. Até já coloquei outros livros do John Green na minha interminável lista de futuras leituras.  Tem vários trechos interessantes no livro, mas, gosto particularmente dessa frase do Augustus, porque traduz um sentimento muito natural em mim, .

"Meus pensamentos são estrelas que eu não consigo arrumar em constelação"




Estudos Sobre Venenos - Maria V. snyder




Sinopse:
Prestes a ser enforcada, Yelena é agraciada com uma prorrogação extraordinária para sua pena. Ela aceita se tornar provadora de comida e morrer no lugar do Comandante de Ixia. Mas Valek, o chefe da segurança, não deixa brecha para fuga e a envenena com Pó de Borboleta. Somente se apresentando diariamente para ele, Yelena poderá tomar o antídoto. Enquanto tenta encontrar um meio de escapar, rebeldes planejam sitiar Ixia, e Yelena desenvolve poderes mágicos. Sua vida é ameaçada e ela precisa escolher de novo... 

 Ixia tem muitas leis rígidas que os guardas fazem com que o povo cumpra para manter a paz e a ordem, tudo sob as ordens do Comandante Ambroze. A jovem orfã Yelena foi condenada a forca por ter assassinado o filho de um coronel. Não importa o motivo ou mesmo se foi um acidente, em Ixia, qualquer um que cometa  assassinato é condenado a morte. Ela passa um ano na prisão e não tem mais nehuma esperança, até que Valek, o braço direito do Comandante Ambroze, faz uma proposta. Ela tem a chance de continuar viva se aceitar tornar-se a provadora de comida do Comandante. É um trabalho arriscado, em tempo integral, e por todo o tempo em que viver, mesmo assim Yelena não pensa duas vezes antes de aceitar. Como garantia que ela não tenha como fugir Valek a envenena com Pó de borboleta, e todos os dias ela deve tomar o antidoto que somente ele conhece.

Nada é fácil na vida de Yelena, ela não pode confiar em ninguém  e muitos não gostam dela por ser uma assassina, o treinamento para seu novo trabalho inclui ser envenenada, e alguém está tentando mata-la. No meio dessa confusão ela se aproxima mais  da pessoa que a envenena todos os dias, Valek, porque ele sempre faz o melhor para o Comandante  e toda a Ixia. Com tantos problemas e lutando para se manter viva, a mocinha ainda consegue se envolver nas intrigas politicas e espionagem. E como se já não bastasse tudo por que tem passado, Yelena desenvolve poderes mágicos  que seriam uteis se ela conseguisse controlar, ou se o fato de alguém praticar magia em em Ixia não fosse um crime punido com a morte.

Esse é um dos melhores livros que eu li esse ano, o tipo de leitura viciante, depois que começa não pode mais para de ler até chegar ao final da história e saber todos os segredos que envolvem a protagonista. o mundo criado pela autora é muito interessante,  tem magia, mistério, e aventura . A protagonista é forte e corajosa, e enfrenta muitas situações complicadas ao longo da historia sem desistir. No momento não consigo lembrar de nenhuma outra mocinha que tenha sofrido tanto, ela não tem família ou amigos, é mal tratada, perseguida, sequestrada, envenenada, e ainda tentam assassina-la varias vezes. E, apesar de ter todos os motivos, em nenhum momento ela fica se lamentando, o que é ótimo porque a historia é narrada em primeira pessoa pela própria Yelena. O romance nesse livro não é muito explorado, pelo menos não de forma aberta. Mas, tem tanta coisa acontecendo o tempo todo que não senti tanta falta de mais cenas românticas.
Um trecho que resume bem a situação dificil da Yelena:
"Se Valek descobrisse minha magia, eu morreria. Se eu não encontrasse uma maneira de ir para Sitia, eu morreria. Se alguém envenenasse a comida do Comandante, eu morreria. Se Brazel construísse sua fábrica e quisesse vingar seu filho, eu morreria. Morta, morta, morta e morta. Morte por Pó de Borboleta estava começando a parecer algo bom. Era o único cenário em que eu poderia escolher quando, onde e como eu morreria."

Estudos Sobre Venenos é o primeiro livro da serie As Lendas de Yelena Zaltana, o que significa que tem muita historia pela frente, muito mais a explorar nesse mundo fascinante. Recomendo o livro para quem gosta de magia e fantasia, ou que só quera dar um tempo nesse tanto de livro muito parecidos que existem hoje em dia, é tudo sobre anjos, vampiros, distopias. É bom variar para não ficar cansativo, e esse livro é realmente bom.


Eu quero: t-shirts de Jane Austen

Estava procurando algum site nacional que tenha pra vender camisetas com os livros como tema e não achei nenhum. Encontrei  um site que tem canecas, calendários, lembrancinhas e roupas com referencia a minha autora favorita Jane Austen,  é o site Cafpress.com, pena que não seja brasileiro  e fica complicado de mais fazer compras. A solução é continuar procurando até que tenha produtos personalizados legais assim por aqui. Separei algumas t-shirts super fofas que mais gostei, as irmãs bennet, Lizzy e Darcy, queria ter todas elas, mas, vou ficar só na vontade mesmo.







Trailer de Cidade do Ossos e outras informações

Sei que essa noticia já não é novidade, mas, não podia deixar de comentar sobre esse filme tão aguardado por mim e outros tantos fãs, foi divulgado o trailer de Os Instrumentos Mortais - Cidade dos Ossos. 


Pelo que dá para perceber  está bom, apesar de que em menos de dois minutos não dá para ter noção de muita coisa, é mais uma questão de sentir o clima do filme. O ruim é a data de estreia que até onde eu sabia seria para março e agora só vai ser em agosto de 2013. Não entendo nada de produções cinematográficas e tal, mas, Cidade dos Ossos está demorando mais do que o normal para esse estilo de filme. Vejam o exemplo de Jogos Vorazes, começaram depois, e já vai estrear o segundo filme no ano que vem.  

Já que estou no assunto filmes, outro que tem estreia para o ano que vem e segue a mesma linha, adaptação de series literárias jovens e sobrenatural,  é Beautiful Creatures. Li o primeiro livro dessa serie e não me empolguei muito, tanto que nem procurei ler a sequencia, espero que como filme a historia funcione melhor. Esse é outro exemplo de filme que começou a ser produzido depois de Cidade dos Ossos e vai estrear primeiro, vai entender.



E também para  2013 tem  o filme A hospedeira, baseado no livro de mesmo nome da escritora de Crepúsculo  O que é uma excelente jogada de marketing, já que essa semana chegou aos cinemas Amanhecer- parte 2, o ultimo filme da saga Crepúsculo,  então A Hospedeira é um filme que já vem com publico formado. Eu não me animei a ler esse livro então não posso comentar nada sobre a história, é só esperar e ver o que virá.




Belo Desastre - Jamie McGuire




A nova Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento de Travis pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura.





Esse foi um livro que me deixou com sentimentos contraditórios. Certas atitudes dos personagens eram tão irritantes e exageradas, em outros momentos me faziam suspirar, e mesmo assim não consegui desgrudar do  livro até terminar. A relação conturbada entre Abby e o Travis é a base da historia. Isso de um livro só girar em torno do casal principal costuma ser cansativo, mas, como já disse a relação dos dois é tão conturbada, cheia de tropeços, idas e voltas, que as mais de 300 páginas do livro passam voando. É impossível não se envolver com o casal , e se perguntar qual vai ser a próxima coisa que o Travis vai aprontar.

A Abby está tentando  deixar um passado difícil para traz, e ser uma pessoa melhor ficando longe de problemas. Talvez ela até conseguisse manter esse bom comportamento, eu duvido que ela teria aguentado muito tempo, se seu caminho não tivesse cruzado com o Travis Maddox. Eles estudam no mesmo lugar, mas, andavam com pessoas diferentes até que America, melhor amiga de Abby, começasse a namorar o amigo de Travis.  Ele é famoso por sua personalidade difícil  e por não manter nenhuma garota por mais que uma noite, juntando a isso o fato de que ele ganha a vida em lutas de boxes clandestinas, Maddox é um tipo de estrela obscura da faculdade.  Abby conhece a fama dele e está disposta a se manter longe,  o problema é que Travis quer ela por perto. Ela é atraída por ele, a maioria das garotas são,  Travis tem uma personalidade tão contraditória, uma mistura de força e vulnerabilidade que costuma enredar as mocinhas dos livros, existe muitos exemplos disso atualmente na literatura.

Logo a relação deles evolui de uma amizade estranhamente possessiva, para uma relação de amor ainda mais possessiva e controladora. E é aí que os exageros entram,  o Travis é muito dependente emocionalmente da Abby,  isso chega a ser assustador. É claro que todo mundo sonhou ou sonha, admitindo ou não, em encontrar alguem que te ame muito, que coloque você em primeiro lugar sempre. Mas, tudo tem um limite, e por mais que a historia de amor extremo seja interessante, e envolvente em um livro, é importante lembrar que na vida real uma relação como a do Travis e da Abby seria impraticável.

O livro nos prende do inicio ao fim, e faz ficar na expectativa dos próximos acontecimentos, eu ainda esperava que mais para o fim do livro os personagens amadurecessem, reconhecessem seus erros, e mudassem para melhor de verdade. Nada disso aconteceu.Talvez isso faça sentido de um jeito meio torto   Abby tentou ser diferente e não conseguiu, o Travis acha que pode ser diferente pela Abby,  só que ninguém pode mudar quem é em essência,  podemos até melhor, tentar nos corrigir, mas, no fim somos apenas  quem somos.

Desculpa pessoal se divaguei e  a resenha ficou um pouco confusa, eu avisei que tinha sentimentos diferentes em relação a Belo Desastre. De qualquer maneira é um livro legal, uma leitura viciante, seria melhor se não tivesse essas situações exageradas, é  só não levar muito a sério e seguir em frente.





Filme: Persuasão

Faz tempo que não posto nada relacionado a Jane Austen por aqui, hoje vou reparar esse erro  escrevendo sobre uma adaptação do meu segundo livro favorito de Austen, Persuasão. Esse filme é de 2007. e foi produzido para a tv pela emissora britânica BBC. 

Anne Elliot é a segunda filha de um orgulhoso Baronete, ela é sensível, inteligente e tranquila, características não muito apreciadas por seu pai e irmãs. Quando era mais jovem ela se apaixonou, e foi correspondida, por Frederick Wentworth, um jovem oficial naval sem fortuna ou boas relações. É claro que a família dela, e a grande amiga Lady Russell, que é quase uma mãe para Anne, não aprovaram a relação do jovem casal. Pensando ser o melhor para todos Anne terminou seu relacionamento com Wentworth. Oito anos depois, o destino faz sua parte, e os dois voltam a se encontrar, agora em circunstâncias completamente diferentes da antes. A família Elliot está com sérios problemas financeiros, mas, ainda matem seu tolo orgulho. Enquanto que o Capitão Wentworth ganhou uma boa fortuna, e pretende encontrar uma boa moça para casar e formar uma família. Eles agora frequentam o mesmo circulo social, e é inevitável se encontrarem, e depois de tudo eles podem descobrir que os sentimentos do passado ainda não morreram por completo.

Adoro a historia da Anne e do capitão Wentworth, um amor que vence um dos piores inimigos de qualquer sentimento, o tempo. Já li e reli  esse livro de Austen tantas vezes, e só de escrever sobre ele fico com vontade de reler. Mas, o que está em consideração aqui é o filme. Acredito que ele foi bem fiel ao livro nas partes principais, e os atores foram bem escolhidos. Me emocionei em muitos momentos, e fiquei com raiva da família da Anne, então posso dizer que o filme cumpriu seu papel de transmitir o sentido da historia original. Porem, depois que assisti o filme fiquei com a sensação de que faltou alguma coisa, não sei explicar exatamente o que. Talvez seja o fato de gostar tanto do livro e saber que nenhuma adaptação por melhor que seja pode alcança-lo. De qualquer maneira considero que é um bom filme e vale a pena assistir, principalmente se você é fã dos romances de Austen.
Vou deixar o trailer  para quem quiser conhecer mais do filme, infelizmente não achei trailer com legenda.






Feita de Fumaça e Osso - Laini Taylor

Nem sei por onde começar a escrever essa resenha, sério, e não por falta do que escrever, é o contrario, esse livro tem 380 paginas e eu li tudo em duas noites. Esse sempre foi um bom indicativo para  saber quanto gosto de um livro, a velocidade com que termino a leitura. Então vocês já podem ter uma ideia de como gostei de Feita de Fumaça e Osso.

Pelos quatro cantos da Terra, marcas de mãos negras aparecem nas portas das casas, gravadas a fogo por seres alados que surgem de uma fenda no céu.Em uma loja sombria e empoeirada, o estoque de dentes de um demônio está perigosamente baixo. E, nas tumultuadas ruas de Praga, uma jovem estudante de arte está prestes a se envolver em uma guerra de outro mundo.O nome dela é Karou. Seus cadernos de desenho são repletos de monstros que podem ou não ser reais; ela desaparece e ressurge do nada, despachada em enigmáticas missões; fala diversas línguas, nem todas humanas, e seu cabelo azul nasce exatamente dessa cor. Quem ela é de verdade? A pergunta a persegue, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho. Um romance moderno e arrebatador, em que batalhas épicas e um amor proibido unem-se na esperança de um mundo refeito.
Sinopse retirada do skoob

A sinopse para alguns pode parecer confusa, mas, depois de ler o livro dá para entender o porque, a historia é um emaranhado de segredos e mistérios se a sinopse desse muito mais detalhes seria inevitável spoiler. Vou tentar me conter e não ir alem dos fatos óbvios e das descrições dos personagens para não estragar a história para ninguém. 

Karou tem dezessete anos, um talento para desenhar, uma boa amiga, e  recentemente sofreu uma desilusão com o seu ex-namorado. Até ai ela parece com qualquer garota normal de sua idade, mas, há mais na vida dela do que isso. Karou não tem uma família convencional, ela foi criada por Quimeras, e faz trabalhos para eles, já que as criaturas vivem escondidas do mundo humano. A garota sempre fez o possível para manter suas duas realidades, como uma pessoa normal, e sua estranha relação com as quimeras. Porem, ultimamente ela questiona mais sobre  quem ou o que ela é, e o porque da vida que leva, ha segredos de mais entorno da sua existência e ninguém parece disposto a responder essas perguntas. Em uma de suas missões pelo mundo, Karou é perseguida por um cara estranho, ele é lindo, mortal, e um inimigo que ela nem sabia que existia.  E, quando tudo fica ainda mais estranho, descobrir a verdade é a unica coisa que importa, e a ajuda pode vir da pessoa mais improvável. 

A historia é muito interessante, e foi bem desenvolvida, cada informação solta dês de o começo do livro faz parte de um segredo maior que aos poucos vai sendo revelado. A escritora está de parabéns pela criatividade e a maneira de levar a historia. Gostei muito do mundo e das criaturas imaginadas pela autora, com descrições sem serem cansativas e que mesmo assim nos faz imaginar como seria o Outro Mundo.Tem ação na medida certa, e o romance  improvável e lindo. Os personagens não são chatos e repetitivos, como se vê em muitos livros jovens. A protagonista é forte e determinada, mesmo com tudo dando errado e todos os perigos que passa ela não fica se lamentando e esperando alguém salva-lá. E o que dizer do Akiva, como não gostar de alguém disposto a quebrar as regras e tradições centenárias por um sentimento, um sonho de uma realidade diferente. E  nem posso falar sobre quando a verdadeira historia da Karou é revelada, e como o livro se torna triste e emocionante. Só lendo mesmo para entender.

Adorei esse livro, não tem nada que eu mudaria nele. É viciante, não conseguia parar de ler. E já estou doida para ler a continuação dessa historia depois desse final revelador e triste que Feita de Fumaça e Osso teve.



"— Ah, não é mágica. Os desejos não se realizam de verdade. 
  — Então por que fazer isso? Ela deu de ombros. 
 — Esperança? A esperança pode ser uma força poderosa. Talvez não haja magia real nele, mas       quando você sabe o que mais deseja e mantém isso aceso como uma chama dentro de si, pode fazer    as coisas acontecerem, quase como mágica."




Musica da semana

 Pitty arrasa sempre, essa musica é muito boa, sempre me pego cantando o refrão. Viva o Rock Nacional.

Me Adora - Pitty

Parcerias ...

Não sei se vocês repararam, criei uma pagina para parcerias. Fazia tempo que queria fazer algo assim para poder interagir mais com os outros blogs. Essa blogosfera literária que cresceu muito nos últimos anos, e sempre há novos blogs  chegando que vale pena conhecer. Vou apresentar os blogs com que fechamos parceria no momento. São todos ótimos blogs iliterários que eu vou visitar  sempre.

Casa sem livros, Corpo sem alma é o blog da Bruna,  é um blog novo mas é super organizado, tem boa regularidade de postagens, com novidades, informações  e ótimas resenhas de livros.


Another Words é outro blog super legal, tem um visual fofo e  as meninas que fazem esse blog  escrevem muito bem, e assunto para elas nunca vai faltar porque leem bastante.

 

 E por ultimo, quero indicar um blog lindo e bem feito que acompanho e me acompanha já faz um tempinho, 
Sobre livros e mais um pouco.  Esse é o blog da Aline, ela é uma fofa, super apaixonada por livros e sonha ser escritora, assim  como eu.





Lançamentos de livros - Outubro

Outubro está repleto  de bons lançamentos, selecionei os principais livros  que tenho muita vontade de ler. Como são vários livros e iria prolongar muito a postagem, eu fiz assim, coloquei só a capa e o motivo pelo qual acho o livro interessante, e quem quiser conferir a sinopse e tirar as próprias conclusões é só clicar no titulo do livro que vai para a pagina dele no Skoob.

Esse é mais um livro que se passa no futuro, e essa é a moda da vez no universo literário jovem. Nunca tinha ouvido falar de  Legend  até uns dias atras quando vi uma resenha positiva sobre ele, procurei mais informações, e pela sinopse  a historia parece bem interessante.

Cidade dos Anjos Caídos é a continuação da série Os Instrumentos Mortais, e quem já acompanhou resenhas anteriores  neste blog sabe que adoro essa série da Cassandra Clare. Então, é inevitável que eu leia  esse livro com toda a esperança de que seja tão bom quanto os três primeiros livros.


Recentemente li Perdida, da autora Carina Rissi, e gostei bastante. Pela sinopse esse novo romance dela parece ser muito bom também. E com certeza eu vou ler.

A Irlandesa Cecilia Ahern e autora do livro P. S. Eu Te Amo que ficou bem conhecido por causa do filme, e do livro Onde Terminam os Arco-iris. Esses são dois livros que li e recomendo muito, e a história de A Vez da Minha Vida parece ter esse toque magico que a escritora sabe bem por em seus livros.


Depois do livro Cinquenta Tons de Cinza as editoras começaram a perceber que os romances hot tem um amplo publico leitor, por isso muitos livros desse estilo estão sendo lançados ultimamente, de todos os que vi até agora Um Olhar de Amor foi o que mais me interessou. Alem disso gostei da capa, que fugiu do padrão que as outras desse estilo estavam seguindo.


Já vi alguns livros com sereias, mas, nunca me aventurei a ler nenhum, elas  sempre me lembram a Ariel e filmes da Disney. Porem,  esse eu achei a sinopse e a capa interessantes, talvez as sereias não sejam tão chatas depois de tudo. E é um livro de uma autora nacional. Valhe a pena ariscar.


Predestinados - Josephine Angelini




Helen Hamilton passou a vida inteira tentando disfarçar o fato de que é uma garota diferente, mas agora, aos dezesseis anos, isso está cada vez mais difícil. Não apenas por causa de sua força sobre-humana ou porque às vezes, sem motivo aparente, pessoas estranhas simplesmente a atacam, mas também porque ela teme que seu juízo esteja seriamente comprometido. Pesadelos recorrentes com uma estranha viagem pelo deserto e a visão de três mulheres derramando lágrimas de sangue a tem atormentado noite e dia. Ao mesmo tempo, um impulso inexplicável, incontrolável, passa a dominar seus pensamentos: Helen quer matar Lucas, um dos rapazes da glamorosa e misteriosa família Delos. À medida que descobre mais sobre sua verdadeira origem, ela percebe que a relação dos dois está submetida não só à sua vontade, mas a forças e tradições ancestrais.

Resenha retirada do skoob


Sou apaixonada por mitologia em geral, principalmente a mitologia grega e celta, e quando vejo algum livro que trata desse tema já vai para a minha lista de futuras leituras. Porem estou em divida com a série Percy Jackson, não li nenhum livro ainda, e nem sei o porque já que vontade não me falta. Estou falando de mitologia porque é a base do enredo do livro Predestinados da autora Josephine Angelini. Mas, estou me adiantando aos fatos, primeiro vamos falar sobre a historia.

Helen é uma jovem de dezesseis anos que vive com o pai em uma pequena cidade,  ela não é muito popular principalmente por seu medo de se expor ao publico, tem pesadelos perturbadores, e algumas capacidades diferentes dos outros jovens, apesar disso tudo, a vida de Helen é tranquila e estável. Quando a família Delos se muda para a sua cidade é que as coisas ficam realmente estranhas e confusas. A garota senti um ódio assassino e inexplicável contra os jovens da família Delos que vão estudar no seu colégio, e essa emoções são reciprocas.  Helem tenta ficar afastada dos recém chegados o máximo possível, mas, em uma cidade pequena isso é impossível, ainda mais se o destino sempre está empurrado-os na mesma direção.

 Os Delos são uma família misteriosa e entendem muito melhor o que está acontecendo do que a mocinha. Dentre eles, Lucas, é especialmente atraído para Helem, o que tem todo o potencial de uma catástrofe. Logo a mocinha entende que na verdade não sabe quase nada de si mesma, e que todas as esquisitices que enfrentou até então tem uma razão de ser que vai muito alem do que podia imaginar. E as únicas pessoas que podem ajuda-lá são exatamente aqueles que ela deveria temer ou destruir.

O começo do livro é bem batido, do tipo que você lê e pensa já vi isso antes algumas vezes, mesmo assim eu continuei, tinha um pressentimento de que iria melhor e também sabia que em algum momento elementos da mitologia grega apareceriam.  Realmente mais para a metade do livro a história melhorou, principalmente quando muitos mistérios foram revelados e o final foi bem interessante criando novos mistérios e deixando duvidas quanto ao caráter e planos de alguns personagens. Achei bem interessante a maneira que a autora abordou a mitologia, essa parte fugiu do comum o que é muito bom quando se lê muitos livros YA.

A Helem não é uma protagonista ruim, por tudo o que passou e tudo o que descobriu ela foi bem corajosa. A relação dela com o Lucas  começa com ódio por um motivo que está alem deles, mas, ao longo do livro se transforma em outra coisa igualmente forte, porem de natureza diferente. Quando se trata de mitologia grega isso de legado e destino é uma marca muito forte. Outros personagens que são interessantes e que devem ser mencionados são a irmã do Lucas, Cassandra, e o primo Hector, e a melhor amiga da Helem, Claire. e só uma dica para quem vai ler,  os nomes dos personagens não são por acaso.

Esse livro é o primeiro de uma serie, o final me deixou curiosa para ler a sequencia. Acredito que apesar de alguns detalhes a serie tem potencial se a autora conseguir levar a historia sem recorrer as mesmices.


Eu quero: Box da serie A Mediadora

Essa é uma nova seção do blog onde listo meus desejos consumistas literários e afins. Sabe quando você está navegando tranquilamente pela internet, visitando blogs,  sites e lojas virtuais, então vê algo com que se identifica e pensa quero tanto isso, coloca na lista de futuras compras que pode ou não nunca acontecer. Porque  parece existir uma lei universal de causa e efeito em que a lista de desejos só aumenta e o nosso salario é sempre o mesmo. É basicamente isso, todos nos somos consumistas, independente do que diga, só basta encontrar algo que se interesse  para desejar/adquirir.

  • Box da série A Mediadora 


Eu já li todos os seis livros dessa série em e-book, e tenho vontade de reler. São meus livros favoritos da Meg Cabot, é uma leitura leve e divertida. Quero muito esse box com todos os livros lindos. Faz tempo que estou esperando uma boa promoção deles, mas, até agora o preço não baixa dos R$ 100,00. 
Para quem ainda não conhece fiz uma resenha do primeiro livro da serie aqui




Anjo Mecânico - Cassandra Clare




Anjo mecânico apresenta o mundo que deu origem à série Os Instrumentos Mortais, sucesso de Cassandra Claire. Nesse primeiro volume, que se passa na Londres vitoriana, a protagonista Tessa Gray conhece o mundo dos Caçadores de Sombras quando precisa se mudar de Nova York para a Inglaterra depois da morte da tia. Quando chega para encontrar o irmão Nathaniel, seu único parente vivo, ela descobrirá que é dona de um poder que capaz de despertar uma guerra mortal entre os Nephilim e as máquinas do Magistrado, o novo comandante das forças do submundo. 
Sinopse retirada do Skoob

A serie Os Instrumentos Mortais é uma das minhas favoritas. Então quando fiquei sabendo que a Cassandra Clare estava escrevendo uma nova serie sobre os Caçadores de sombra, fiquei super empolgada para ler. Eis que temos Anjo Mecânico primeiro livro da serie As Peças Infernais. Na verdade já faz um tempo que eu li e só agora tive vontaade de escrever sobre ele. Vai entender, tem vezes que quando terminamos uma leitura dá vontade de escrever sobre o livro imediatamente, outras vezes essa vontade não aparece.  Vou primeiro contar um pouca da historia para depois expor minha opinião para ficar mais compreensível.

A história se passa em Londres no ano de 1878. Tessa Gray mora  com sua tia nos Estados Unidos, quando a tia morre misteriosamente o irmão que mora em Londres é a unica pessoa a quem a garota pode recorrer.Então Tessa  viaja para a Inglaterra para se encontrar com o irmão, mas, acaba sendo sequestra e mantida em cativeiro por duas mulheres estranhas. Essas mulheres sabem mais da garota do que ela mesmo, inclusive sobre o poder que até então ela desconheci. A garota está numa situação desesperadora, confusa com suas novas habilidades, e com medo do seu futuro e do que pode ter acontecido com o irmão. E para salvar o dia aparece Will, um Caçador de Sombras e a resgata do cativeiro.

Tessa é acolhida pelo grupo de Caçadores de Sombra, e passa a aconhecer mais sobre essa realidade assustadora do sobrenatural que sem querer ela faz parte. Os outros caçadores que moram no instituto são, Jem um garoto super fofo com um estado de saude delicado, Charlote que apezar de jovem é quem comanda tudo, Henry, o inventor,  marido de Charlotte, Jessamine, outra orfão descendente de Nephilim, assim como Will e Jem. O grande objeivo da garota  é achar o irmão, enquanto seus novos amigos desejam entender o que exatamente Tessa é, e porque um vilão misterioso está traz dela. Até que a história se resolva temos muita ação, lutas, espionagem, armações, e inimigos Automatos. Isso mesmo que voce leu, são robos na Inglaterra do seculo XIX.

É claro que tem muito mais acontecimentos que não posso contar para vocês, só lendo mesmo para entender. Então, minha opinião, esse livro é muito parecido com Cidade dos Ossos, menina perdida e confusa encontra, ou é encontrada pelos Caçadores de Sombra, que a ajudam  entender quem é a protegem do grande vilão.  E não é só no enredo que as historias são semelhantes, a personalidade dos personagens também, Will é quase uma copia do Jace com menos carisma e a Tessa tem a mesma mistura de coragem e vulnerabilidade da Clary. Acredito que numa tentativa de tornar esse livro diferente dos demais Cassandra ambientou a historia na Inglaterra vitoriana. Mas, o tempo que a história se passa não faz a minima diferença no enredo, tinha momentos que eu até esquecia que eles não estavam no tempo atual. Não me entendam mal, o livro é bom, tem todos os elementos que gostamos, ação, mistério,  romance, e a escrita ágil e dinâmica da Cassandra Clare.  Porem, não alcançaram a minha expectativas.

Quem não leu a serie Os Instrumentos Mortais pode ler Anjo Mecânico tranquilamente. Deve ser até melhor porque evita as comparações. Eu pretendo continuar a ler As Peças Infernais porque quero  ver se nos próximos livros a autora trás algo novo e a solução dos mistérios possa me surpreender. Ainda tenho curiosidade para ler algo escrito pela Cassandra deixando de lado o mundo dos Nefilins caçadores de sombra.  




A Garota Que Perseguiu a Lua - Sarah Addson Allen



"Como você pode achar seu caminho? Seguindo as nuvens ou a lua?" Emily Benedict foi para Mullaby após a morte de sua mãe. Ao chegar à cidade e conhecer seu avô ela percebe que os mistérios do lugar nunca são resolvidos: eles são uma forma de vida. Existem quartos cujo papel de parede muda de acordo com o seu humor, luzes estranhas aparecem no quintal à noite e Julia Winterson, a vizinha, consegue cozinhar a esperança em forma de bolos. Emily percebe que sua mãe esteve envolvida no maior mistério da cidade, e conta com a ajuda de Julia para desvendá-lo. Em Mullaby nada é o que parece.
Sinopse retirada do Skoob


Confesso que só  comecei a ler esse livro pela capa que é lida. Não conhecia essa escritora, e a sinopse não chama a atenção, e também apesar de ser um lançamento não tenho visto muita divulgação. São casos como esse que fazem  a gente perder a oportunidade de ler  um ótimo livro. A Garota Que Perseguiu a Lua conta uma historia encantadora misturando elementos mágicos e personagens tão humanos vivendo situações difíceis e delicadas.  

O cenário de toda a história é a pequena e magica cidade de Mullaby. Nesse lugar acontecem coisas muito estranhas que em qualquer outro lugar não seriam normalmente aceitas, mas, nessa cidade essas coisas já fazem parte do dia-a-dia dos moradores e ninguém questiona muito.   Então, não leiam esperando grandes acontecimentos sobrenaturais, a magia aqui é tão natural como qualquer morador da cidade.

A historia acompanha vários personagens que se relacionam entre si. Emily,  recentemente órfã, chega para morar com o avó em Mullaby. A garota  tem esperança de fazer da casa do avó um lar, mas, logo percebe que não vai ser fácil. Seu avó é distante, e todas as pessoas da cidade parecem culpar-lá por algo que a mãe dela fez e ela não tem ideia do que seja. Julia está na cidade temporariamente e conta os dias para ir embora, no passado, quando ainda estava na escola ela sofreu muito, e estar em Mullaby faz com que  recorde esses momentos ruins. Vance , o avó de Emily, é um homem bom, porem, solitário, que não sabe muito bem como lidar com a neta. Swayer é um homem que parece viver bem e satisfeito, mas, na verdade sofre por um erro do passado que agora impedi de ter o que ele mais quer. E, Win Coffey, um jovem  obrigado a vivar de acordo com antigas tradições familiares e deseja ter liberdade de fazer sua próprias escolhas.

Me encantei por esse livro, a escritora criou uma historia leve e simples, mas, que trata de  sentimentos complicados e delicados, e ainda temperou  o livro com esses toques de magia. Só por esse livro já me tornei fã da escrita de Sarah Addson Allen, até já coloquei o outro livro dela, lançado no brasil, na minha estante do skoob. Gostaria de falar mais da história, mas, é melhor parar antes que  soltando algum spoiler. Só vou reafirmar é um ótimo livro e super recomendo.

Trecho do livro:

"- Estou sempre com saudade de casa - ela disse sem olhar para ele. - Só não sei onde é minha casa. Há uma promessa de felicidade por aí. Eu sei disso. Até sinto às vezes. Mas é como perseguir a lua: bem na hora em que você a tem, ela some no horizonte. Eu fico triste e tento seguir em frente, mas depois o maldito troço volta na noite seguinte, me dando esperança de pegá-la novamente."




Musica...

Hoje estou com humor ruim,  não sei vocês, mas, quando eu fico mal a primeira coisa que me dá vontade é ouvir rock no ultimo volume. Quem me conhece vai dizer "mas, tudo para você é motivo para ouvir rock"  É verdade, parece que nos momentos mais críticos é quando preciso mais de musica para me fazer viajar e abafar os gritos da minha mente. Outro detalhe sobre mim, quando estou com esse humor começo a divagar, sobre tudo, sobre nada e qualquer coisa .Então acho melhor parar por aqui. 

Deixo uma musica do Nirvana, o video legendado de Come as you are.  Só porque eu gosto e Kurt Cobain traduz as nossas inquietações para letras das musicas dele.    








Setembro e o retorno das series



Eu não tenho nada contra agosto, mas, que mes tedioso (nenhum feriado), ainda bem que acabou. Depois de passar um período nebuloso em que não tinha nada para assistir, eis que surge o mês de setembro  trazendo as novas temporadas das minhas series favoritas. Para começar bem setembro dia primeiro teve o primeiro episodio da 7ª temporada de Doctor Who, acho que nunca comentei aqui no blog o quanto eu gosto dessa serie, é muito boa de verdade. Esse episodio de estreia da nova temporada estava incrível, e já dá para perceber que Doctor Who vai estar imperdível. 

Seguindo o calendario das serries,  dia 17 tem a volta de Bones, em sua 8ª temporada, acompanho essa series dês de o inicio e não me canso, estou curiosa para ver as novas  investigações. No dia 27 e vez de The Big Bang Theory, estou morrendo de saudades do Sheldon e o resto da galera. E no dia 30 temos, O Mentalista,  Once Upon a Time, Revenge, só serie boa. E para completar só falta minha favorita, Sobrenatural, que volta no começo de outubro.

Enfim, esse mês vou ter muita coisa legal para ver na televisão, juntando isso com a minha  sempre crescente lista de leitura, trabalho, estudos, e redes sociais, acho que só  não vou ter tempo de dormir. Mas, tudo bem quem precisa descansar, não é mesmo?


O Inimigo Secreto- Agatha Chistie



Jovens Aventureiros LTDA., vêem-se às voltas com um enigma que confundiu até mesmo a Scotland Yard, a mais experiente polícia do mundo: o desaparecimento de Jane Finn, uma garota americana que levava consigo documentos secretos importantes. Algumas pessoas das relações da jovem eram amigas, porém não de inteira confiança, enquanto também a cercavam inimigos, que tudo faziam para não ser identificados. Com isso, Tommy e Tuppence quase chegaram a fechar a firma, lamentando amargamente o dia em que, movidos apenas pela intenção inocente de se dividir um pouco, tiveram a infeliz idéia de escolher esse caminho perigoso para gozar das delícias e perigos da aventura, fugindo do enfado da rotina.
sinopse retirada do Skoob


Resolvi deixar os romances um pouco de lado e diversificar minha leitura. Escolhi um livro da Agatha Christie que é sempre certeza de uma boa historia de mistério. Em O Inimigo secreto conhecemos Tuppence e Tommy, dois amigos de infância que se reencontram depois de alguns anos. São dois jovens bem diferentes um do outro, ela é atrevida, esperta, e impulsiva, ele é mais tranquilo e confiável. Logo eles descobrem que tem algo em comum, os dois estão falidos e sem perspectivas de melhorar a situação. Então, de todas as ideias e possibilidades para ganhar dinheiro, decidem criar os Jovens Aventureiros. Ou seja, eles fariam qualquer coisa que outra pessoa não queira ou não possa fazer desde que ganhasse bem.


O primeiro trabalho dos Jovens Aventureiros é encontrar uma garota desaparecida, e não é nada fácil, envolve espionagem internacional, e um inimigo perigosíssimo. Tommy e Tuppence são muito corajosos, mas, não tem experiencia para lidar com criminosos tão poderosos, assim, vocês podem imaginar o monte de confusões em que eles se metem. E o pior de tudo é o vilão misterioso Sr. Brown que ninguém sabe quem é, portanto pode ser qualquer um, ou ser apenas uma lenda. Gosto desses livros investigativos por isso, fico o livro todo imaginando mil e uma teorias para solucionar os mistérios dessas historias, nesse caso o grande enigma era a identidade do Sr. Brown. E como de costume eu errei meu palpite, sério, nunca consigo acertar uma com Agatha Christie, ela sempre consegue me surpreender ,e olha que meus palpites não são tão ruins assim , eu assisto series como Bones, O Mentalista, Castle, e não me saiu tão mal nas minhas deduções   

Gostei muito desse livro, achei diferente dos outros da autora que li, com o detetive Pairot como protagonista. Como os Jovens Aventureiros são amadores nós conseguimos acompanhar melhor os processos lógicos da trama (e nem assim eu consegui resolver o mistério), e todas as etapas de investigação. Alem disso, a agilidade dos diálogos é muito interessante. Dos personagens gostei principalmente da Tuppence, que é uma jovem bem moderna para a época em que vive e tem sempre uma resposta esperta para qualquer um. Resumindo tudo,o livro é ótimo, e para quem quer ler um romance investigativo leve e divertido esse é perfeito.


Perdida- Carina Rissi



Sinopse:

Sofia vive em uma metrópole, está habituada com a modernidade e as facilidades que isto lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor a menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam. Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição. Após comprar um novo aparelho celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter ideia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda de prestativo Ian, Sofia embarca numa procura as cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam leva-la de volta para casa. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos...
Sinopse retirada do Skoob


Fiquei encantada por esse livro desde que vi pela primeira vez, a capa é linda e tem tudo haver com a historia. Finalmente tive a oportunidade de ler Perdida, e confesso que adorei. Curto muito essa tematica de viajem no tempo, o choque historico e cultural rende boas histórias. Nesse livro conhecemos Sofia Alonzo, uma mulher com muita opinião, independente, e fascinada pelas comodidades que a tecnologia proporciona. Se não fosse o chefe chato, Sofia estaria satisfeita com a vida, bons amigos, liberdade, internet, e muitos livros, do que mais uma garota precisa para ser feliz?

Então por uma complicação do destino, a mocinha é transportada para uma outra época, mais especificamente em 1830. Ela está literalmente perdida, não sabe como ou porque foi parar no século X1X, e nem o que fazer para voltar para casa. Logo ela é encontrada por um bom samaritano, tão bonito e cortes quanto qualquer mocinho dos livros de Jane Austen. A situação pode até parecer a realização do sonho de todas as fã de Austen, como a própria protagonista desse livro e romances históricos, o problema que viver no seculo XIX não é nada fácil e pratico para alguém acostumado a vida moderna. Ao longo da historia  Sofia se depara com várias complicações, tipo o excesso de roupas, a falta do banheiro, do computador, e tal. As dificuldades enfrentadas pela mocinha são muito engraçadas, inclusive me lembrou a serie Lost In Austen.

Também não podemos esquecer do romance, achei super fofo e natural como a relação do Ian e da Sofia se desenvolveu. Enfim, gostei muito de Perdida e recomendo para todo mundo que gosta de um bom romance, leve e divertido.


Novidades e informações

Só algumas noticias mais recentes e  interessantes no mundo literário...

O filme de Os Instrumentos Mortais que tem previsão de estreia para  agosto de 2013 (só eu acho que esse filme está demorando demais para ficar pronto) já tem um  site oficial. Lá tem a foto dos atores e a descrição de seus personagens dentro da trama. Para quem gosta da serie Os Instrumentos Mortais e está na expectativa pelo filme tenho certeza que vai fazer como eu, visitar o site e analisar os atores escolhidos e tentar imaginar eles como os personagens que vão interpretar. Entre no site aqui e depois deixem sua opinião no blog.


Uma noticia que não é recente, porem eu nem fazia ideia é que o livro A Estrada da Noite do escritor Joe Hill já teve seus direitos adquiridos pela Warner Bros, o que significa uma promessa de filme. Mas, como disse, isso já faz tempo e não consegui encontrar nenhuma informação em que situação está o filme. Já li o livro e gostei bastante, é uma historia de terror que prende atenção ate o fim. lembro de ter pensado que a historia tinha todos os elementos para ser sucesso no cinema, principalmente a trilha sonora que é puro rock in roll. Se alguém tiver mais informações sobre o filme me avisem. A capa do livro (não sei porque sempre me lembra de Supernatural).


Finalmente vai ser lançado no Brasil o livro As Nove Vidas De Chloe King - Banidos, esse livro já virou serie de tv, que só durou uma temporada e foi cancelada. Eu assisti a serie e achava legal, não era aquela serie, mas, era fofinha, foi  uma pena o cancelamento. E como normalmente os livros são melhores que  suas adaptações, estou curiosa para ler.





E muito tempo depois...

Volto a escrever no blog. Faz tempo que não apareço por aqui, tantas coisas aconteceram desde então. Tem tantos livro que li e gostaria de comentar que nem sei por onde começar. De inicio vou fazer uma breve atualização das leituras dos últimos dois meses.
 Esse ano eu estou lendo a metade do que li o ano passado, mas trabalhando e agora também estudando fica difícil manter o mesmo ritimo.Os livros lidos desde junho são :


Em Busca do Paraíso-  Judith McNaught
Anjo Mecânico- Cassandra Clare
Rainha das Sombras-Dianne Sylvan
Tentados- Elisabeth naughton
Como Conquistar o Diabo- Teresa Medeiros
Marcada- Elisabeth naughton
Sugar Daddy- Lisa Kleypas
Hearts at Stake- Alyxandra Harvey
Blood Feud- Alyxandra Harvey
Out for Blood- Alyxandra Harvey
Bleeding Hearts- Alyxandra Harvey
A garota americana- Meg Cabot

O que estou lendo agora:

  • O Amor e Outras Catástrofes da Natureza- Holly Shumas 
Esse livro faz bastante tempo que comecei a ler e está difícil de terminar, sempre abandono ele e leio outros.
  • Cinquenta Tons de Cinza- E. L. James
Estou quase na metade do livro, ainda não consigo decidir se o livro é bom ou foi só uma boa campanha de marketing, li que essa serie já vendeu mais que Harry Potter, vai entender.

E na minha interminável lista de Vou ler, para esse mês ainda, estão:

Perdida- Carina Rissi

Belo Desastre - Jamie Mcguire

E não podia deixar de comentar sobre a Bienal do livro de São Paulo, começou ontem, e como sempre eu não estou lá. Triste, triste. Mas, como viciada por livros que sou acompanho tudo pelos blogs literários dos sortudos que estão nessa grande festa do livro. 
Voces sabem o que se comemora hoje  (Dica: não estou falando do dia de algum santo ou profissão)?
...
Hoje, 25 de maio é o Dia da Toalha!
Para quem não sabe do que estou falando e acha que dessa vez eu pirei de vez, vou explicar.
O dia da Toalha nada mais é do que uma homenagem ao escritor da trilogia de cinco livros O Guia Do Mochileiro Das Galáxias, o genial Douglas Adams.  Essa serie de ficção cientifica escrita por Adams marcou uma geração e ainda é muito lembrada e elogiada, principalmente por misturar tão bem criticas sociais e humor irônico de uma maneira nada sutil. Quem já leu O Guia do Mochileiro das Galáxias, sabe que, a resposta é 42 (só falta descobrir qual é a pergunta), os ratos são os animais mais inteligentes do planeta terra (incluindo o homem), deve ficar sempre atento sobre a possivel construção de desvios,  Os vogons tem a terceira pior poesia do Universo, qualquer amigo seu pode ser um alienigena,  A Dinamite Pangaláctica é a bebida mais forte do universo, qualquer um pode aprender a voar (só não é garantido que ele sobreviva antes de completar o aprendizado), dar sentimentos humanos para um Robô não é uma boa ideia, e também, que a toalha é o objeto mais útil e indispensável já inventado.
A toalha é repetidamente citada no livro, dai a ideia dos fãs em criar o Dia da Toalha, no primeiro livro Adams explica:
"A toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon; pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas e pesadas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você - estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro; e naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa."

Então para quem gosta da serie, ou mesmo para quem não perde uma boa piada, Feliz Dia da Toalha!


E lembre-se sempre:

Não Entre Em Pânico

Série: Legend of The Seeker

Voltando a postar  depois de mais de um mês. Sou assim mesmo, para trabalho e obrigações eu sou disciplinada ,mas, quando se trata dos meus momentos de descanso e distração reservo meu direito de  ser dispersa, confusa, e bagunceira. A vida já é tão cheia de responsabilidades,  para que complicar mais impondo regras e listas que eu nunca vou seguir mesmo. Então escrevo quando me dá vontade e sobre o que me der vontade, e isso me faz bem, simples assim.  

Pensei em vários assuntos para postar aqui, tem muitos livros que eu quero comentar, principalmente das minhas leituras do ano passado, porque pra falar a verdade nesse 2012 estou bem devagar na leitura. Porem, optei por falar de um seriado que estou assistindo e adorando. Tudo bem que estou sempre assistindo um monte de series e todas são legais (porque se não forem eu paro de assistir), é só que essa em particular não é muito conhecida, e acho uma pena.
A serie de que estou falando é Legend of The Seeker,  ela estreou em 2008 pela emissora de tv americana Abc, e terminou em 2010


Sinopse: Richard (Craig Horner) era um  jovem que tinha uma vida comum e tranquila vivendo longe da magia,porem, um dia ele tenta ajudar um misteriosa moça que esta em perigo, e acaba se metendo em uma confusão maior que imagina. De uma hora para outra seus amigos e até mesmo seu irmão, o julgam culpado pelos recentes e tristes acontecimentos ocorridos na Fronteira. Sem poder voltar atrás, Richard descobre que seu real destino é bem maior do que imaginava, com a ajuda da Confessora Kahlan e do mago Zedd, inicia sua jornada perigosa contra a magia negra e seres das sombras para cumprir a profecia e se tornar, após milênios de espera, o próximo Seeker. 

Quando li sobre essa serie achei a ideia muito legal, exatamente o tipo de história que gosto, mas, fiquei em duvida porque vi que a serie foi cancelada na segunda temporada. Alguns meses baixei a primeira temporada e comecei a assistir,  e me encantei, era tudo o que prometia ser, aventura, magia, romance, um pouco de comedia e tudo isso em um mundo cheio de mistério e elementos mágicos. Fazia tempo que não encontrava uma serie assim, a ultima foi Merlin que terá o inicio da quinta temporada só mais para o fim do ano.
Já assisti toda a primeira temporada e agora vou começar a segunda e ultima, vou tentar assistir aos poucos para o fim demorar bastante. Porque uma serie tão boa como essa  foi cancelada com tanta porcaria passando na tv nem Freud explica, felizmente esse é um daqueles casos que apesar de ter sido cancelada teve um fim como deve ser, tenho muita tristeza de acompanhar uma serie e sem mais nem menos ela ser tirada do ar sem ter um desfecho da historia.
Enfim, adoro essa serie, os personagens, cenários, e história gosto de tudo só desejaria que tivesse mais temporadas. Fica a dica, principalmente  para quem gosta de fantasia é perfeita.

My heart is broken- Evanescence

Evanescence é uma das minhas bandas favoritas, e sempre arrasa nos clips. Esse é um dos meus preferidos.

Lançamentos de livros

Já tem vários lançamentos desse ano que foram para minha interminável lista de livros que quero ler. Relacionei nesse post só alguns dos mais desejados e que já (ainda) estão em pré-venda.

Febre Negra - Série Fever Vol. 01 - Karen Marie Moning
UM BOM DIA É AQUELE EM QUE NÃO HÁ NINGUÉM TENTANDO TE MATAR. ULTIMAMENTE NÃO VEM SENDO FÁCIL TER UM BOM DIA. 
MacKayla Lane pode dizer que tem uma vida muito boa. Ela tem amigos maravilhosos, um trabalho honesto e um carro que só de vez em quando dá algum problema. Em resumo, ela é uma garota como qualquer outra da sua idade. Ao menos é o que ela pensa, até acontecer algo extraordinário: antes de ser morta na Irlanda, sua irmã deixa uma única pista do que pode ter acontecido – uma mensagem cifrada na caixa postal do celular de Mac. A jornada em busca do assassino leva MacKayla a um território jamais imaginado; um mundo de sombras onde nada é o que parece, pois tanto o bem quanto o mal usam a mesma bela e traiçoeira máscara. Em meio a descobertas, Mac se depara com um desafio pessoal: preservar a própria vida enquanto lida com poderes que jamais imaginou ter. Dotada de faculdades especiais, ela pode ver além do que meros humanos veem. MacKayla pode enxergar o ameaçador domínio dos Fae...


Estilhaça-me - Tahereh Mafi

Juliette não toca alguém a exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal. Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada. O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula. Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser um guerreiro.

Delírio - Lauren Oliver
Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?

O Livro das Coisas Perdidas - John Connolly

Após a morte da mãe, David, de 12 anos, passa a maior parte do tempo em seu quarto tendo com os livros como companhia. Quando eles começam a sussurrar para o menino, realidade e imaginação se misturam até que, ao brincar no jardim, entra em um reino encantado, onde encontrará heróis, monstros e um rei fracassado que guarda seus segredos em um livro misterioso. John Connolly, em O Livro das Coisas Perdidas, desconstruirá fábulas conhecidas, como A Branca de Neve e os Sete Anões e João e Maria, por meio de muita imaginação e mistério. Um livro para todas as idades que virou mania quando lançado na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos. 


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página