Belo Desastre - Jamie McGuire




A nova Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento de Travis pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura.





Esse foi um livro que me deixou com sentimentos contraditórios. Certas atitudes dos personagens eram tão irritantes e exageradas, em outros momentos me faziam suspirar, e mesmo assim não consegui desgrudar do  livro até terminar. A relação conturbada entre Abby e o Travis é a base da historia. Isso de um livro só girar em torno do casal principal costuma ser cansativo, mas, como já disse a relação dos dois é tão conturbada, cheia de tropeços, idas e voltas, que as mais de 300 páginas do livro passam voando. É impossível não se envolver com o casal , e se perguntar qual vai ser a próxima coisa que o Travis vai aprontar.

A Abby está tentando  deixar um passado difícil para traz, e ser uma pessoa melhor ficando longe de problemas. Talvez ela até conseguisse manter esse bom comportamento, eu duvido que ela teria aguentado muito tempo, se seu caminho não tivesse cruzado com o Travis Maddox. Eles estudam no mesmo lugar, mas, andavam com pessoas diferentes até que America, melhor amiga de Abby, começasse a namorar o amigo de Travis.  Ele é famoso por sua personalidade difícil  e por não manter nenhuma garota por mais que uma noite, juntando a isso o fato de que ele ganha a vida em lutas de boxes clandestinas, Maddox é um tipo de estrela obscura da faculdade.  Abby conhece a fama dele e está disposta a se manter longe,  o problema é que Travis quer ela por perto. Ela é atraída por ele, a maioria das garotas são,  Travis tem uma personalidade tão contraditória, uma mistura de força e vulnerabilidade que costuma enredar as mocinhas dos livros, existe muitos exemplos disso atualmente na literatura.

Logo a relação deles evolui de uma amizade estranhamente possessiva, para uma relação de amor ainda mais possessiva e controladora. E é aí que os exageros entram,  o Travis é muito dependente emocionalmente da Abby,  isso chega a ser assustador. É claro que todo mundo sonhou ou sonha, admitindo ou não, em encontrar alguem que te ame muito, que coloque você em primeiro lugar sempre. Mas, tudo tem um limite, e por mais que a historia de amor extremo seja interessante, e envolvente em um livro, é importante lembrar que na vida real uma relação como a do Travis e da Abby seria impraticável.

O livro nos prende do inicio ao fim, e faz ficar na expectativa dos próximos acontecimentos, eu ainda esperava que mais para o fim do livro os personagens amadurecessem, reconhecessem seus erros, e mudassem para melhor de verdade. Nada disso aconteceu.Talvez isso faça sentido de um jeito meio torto   Abby tentou ser diferente e não conseguiu, o Travis acha que pode ser diferente pela Abby,  só que ninguém pode mudar quem é em essência,  podemos até melhor, tentar nos corrigir, mas, no fim somos apenas  quem somos.

Desculpa pessoal se divaguei e  a resenha ficou um pouco confusa, eu avisei que tinha sentimentos diferentes em relação a Belo Desastre. De qualquer maneira é um livro legal, uma leitura viciante, seria melhor se não tivesse essas situações exageradas, é  só não levar muito a sério e seguir em frente.





Filme: Persuasão

Faz tempo que não posto nada relacionado a Jane Austen por aqui, hoje vou reparar esse erro  escrevendo sobre uma adaptação do meu segundo livro favorito de Austen, Persuasão. Esse filme é de 2007. e foi produzido para a tv pela emissora britânica BBC. 

Anne Elliot é a segunda filha de um orgulhoso Baronete, ela é sensível, inteligente e tranquila, características não muito apreciadas por seu pai e irmãs. Quando era mais jovem ela se apaixonou, e foi correspondida, por Frederick Wentworth, um jovem oficial naval sem fortuna ou boas relações. É claro que a família dela, e a grande amiga Lady Russell, que é quase uma mãe para Anne, não aprovaram a relação do jovem casal. Pensando ser o melhor para todos Anne terminou seu relacionamento com Wentworth. Oito anos depois, o destino faz sua parte, e os dois voltam a se encontrar, agora em circunstâncias completamente diferentes da antes. A família Elliot está com sérios problemas financeiros, mas, ainda matem seu tolo orgulho. Enquanto que o Capitão Wentworth ganhou uma boa fortuna, e pretende encontrar uma boa moça para casar e formar uma família. Eles agora frequentam o mesmo circulo social, e é inevitável se encontrarem, e depois de tudo eles podem descobrir que os sentimentos do passado ainda não morreram por completo.

Adoro a historia da Anne e do capitão Wentworth, um amor que vence um dos piores inimigos de qualquer sentimento, o tempo. Já li e reli  esse livro de Austen tantas vezes, e só de escrever sobre ele fico com vontade de reler. Mas, o que está em consideração aqui é o filme. Acredito que ele foi bem fiel ao livro nas partes principais, e os atores foram bem escolhidos. Me emocionei em muitos momentos, e fiquei com raiva da família da Anne, então posso dizer que o filme cumpriu seu papel de transmitir o sentido da historia original. Porem, depois que assisti o filme fiquei com a sensação de que faltou alguma coisa, não sei explicar exatamente o que. Talvez seja o fato de gostar tanto do livro e saber que nenhuma adaptação por melhor que seja pode alcança-lo. De qualquer maneira considero que é um bom filme e vale a pena assistir, principalmente se você é fã dos romances de Austen.
Vou deixar o trailer  para quem quiser conhecer mais do filme, infelizmente não achei trailer com legenda.






Feita de Fumaça e Osso - Laini Taylor

Nem sei por onde começar a escrever essa resenha, sério, e não por falta do que escrever, é o contrario, esse livro tem 380 paginas e eu li tudo em duas noites. Esse sempre foi um bom indicativo para  saber quanto gosto de um livro, a velocidade com que termino a leitura. Então vocês já podem ter uma ideia de como gostei de Feita de Fumaça e Osso.

Pelos quatro cantos da Terra, marcas de mãos negras aparecem nas portas das casas, gravadas a fogo por seres alados que surgem de uma fenda no céu.Em uma loja sombria e empoeirada, o estoque de dentes de um demônio está perigosamente baixo. E, nas tumultuadas ruas de Praga, uma jovem estudante de arte está prestes a se envolver em uma guerra de outro mundo.O nome dela é Karou. Seus cadernos de desenho são repletos de monstros que podem ou não ser reais; ela desaparece e ressurge do nada, despachada em enigmáticas missões; fala diversas línguas, nem todas humanas, e seu cabelo azul nasce exatamente dessa cor. Quem ela é de verdade? A pergunta a persegue, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho. Um romance moderno e arrebatador, em que batalhas épicas e um amor proibido unem-se na esperança de um mundo refeito.
Sinopse retirada do skoob

A sinopse para alguns pode parecer confusa, mas, depois de ler o livro dá para entender o porque, a historia é um emaranhado de segredos e mistérios se a sinopse desse muito mais detalhes seria inevitável spoiler. Vou tentar me conter e não ir alem dos fatos óbvios e das descrições dos personagens para não estragar a história para ninguém. 

Karou tem dezessete anos, um talento para desenhar, uma boa amiga, e  recentemente sofreu uma desilusão com o seu ex-namorado. Até ai ela parece com qualquer garota normal de sua idade, mas, há mais na vida dela do que isso. Karou não tem uma família convencional, ela foi criada por Quimeras, e faz trabalhos para eles, já que as criaturas vivem escondidas do mundo humano. A garota sempre fez o possível para manter suas duas realidades, como uma pessoa normal, e sua estranha relação com as quimeras. Porem, ultimamente ela questiona mais sobre  quem ou o que ela é, e o porque da vida que leva, ha segredos de mais entorno da sua existência e ninguém parece disposto a responder essas perguntas. Em uma de suas missões pelo mundo, Karou é perseguida por um cara estranho, ele é lindo, mortal, e um inimigo que ela nem sabia que existia.  E, quando tudo fica ainda mais estranho, descobrir a verdade é a unica coisa que importa, e a ajuda pode vir da pessoa mais improvável. 

A historia é muito interessante, e foi bem desenvolvida, cada informação solta dês de o começo do livro faz parte de um segredo maior que aos poucos vai sendo revelado. A escritora está de parabéns pela criatividade e a maneira de levar a historia. Gostei muito do mundo e das criaturas imaginadas pela autora, com descrições sem serem cansativas e que mesmo assim nos faz imaginar como seria o Outro Mundo.Tem ação na medida certa, e o romance  improvável e lindo. Os personagens não são chatos e repetitivos, como se vê em muitos livros jovens. A protagonista é forte e determinada, mesmo com tudo dando errado e todos os perigos que passa ela não fica se lamentando e esperando alguém salva-lá. E o que dizer do Akiva, como não gostar de alguém disposto a quebrar as regras e tradições centenárias por um sentimento, um sonho de uma realidade diferente. E  nem posso falar sobre quando a verdadeira historia da Karou é revelada, e como o livro se torna triste e emocionante. Só lendo mesmo para entender.

Adorei esse livro, não tem nada que eu mudaria nele. É viciante, não conseguia parar de ler. E já estou doida para ler a continuação dessa historia depois desse final revelador e triste que Feita de Fumaça e Osso teve.



"— Ah, não é mágica. Os desejos não se realizam de verdade. 
  — Então por que fazer isso? Ela deu de ombros. 
 — Esperança? A esperança pode ser uma força poderosa. Talvez não haja magia real nele, mas       quando você sabe o que mais deseja e mantém isso aceso como uma chama dentro de si, pode fazer    as coisas acontecerem, quase como mágica."




Musica da semana

 Pitty arrasa sempre, essa musica é muito boa, sempre me pego cantando o refrão. Viva o Rock Nacional.

Me Adora - Pitty

Parcerias ...

Não sei se vocês repararam, criei uma pagina para parcerias. Fazia tempo que queria fazer algo assim para poder interagir mais com os outros blogs. Essa blogosfera literária que cresceu muito nos últimos anos, e sempre há novos blogs  chegando que vale pena conhecer. Vou apresentar os blogs com que fechamos parceria no momento. São todos ótimos blogs iliterários que eu vou visitar  sempre.

Casa sem livros, Corpo sem alma é o blog da Bruna,  é um blog novo mas é super organizado, tem boa regularidade de postagens, com novidades, informações  e ótimas resenhas de livros.


Another Words é outro blog super legal, tem um visual fofo e  as meninas que fazem esse blog  escrevem muito bem, e assunto para elas nunca vai faltar porque leem bastante.

 

 E por ultimo, quero indicar um blog lindo e bem feito que acompanho e me acompanha já faz um tempinho, 
Sobre livros e mais um pouco.  Esse é o blog da Aline, ela é uma fofa, super apaixonada por livros e sonha ser escritora, assim  como eu.





Lançamentos de livros - Outubro

Outubro está repleto  de bons lançamentos, selecionei os principais livros  que tenho muita vontade de ler. Como são vários livros e iria prolongar muito a postagem, eu fiz assim, coloquei só a capa e o motivo pelo qual acho o livro interessante, e quem quiser conferir a sinopse e tirar as próprias conclusões é só clicar no titulo do livro que vai para a pagina dele no Skoob.

Esse é mais um livro que se passa no futuro, e essa é a moda da vez no universo literário jovem. Nunca tinha ouvido falar de  Legend  até uns dias atras quando vi uma resenha positiva sobre ele, procurei mais informações, e pela sinopse  a historia parece bem interessante.

Cidade dos Anjos Caídos é a continuação da série Os Instrumentos Mortais, e quem já acompanhou resenhas anteriores  neste blog sabe que adoro essa série da Cassandra Clare. Então, é inevitável que eu leia  esse livro com toda a esperança de que seja tão bom quanto os três primeiros livros.


Recentemente li Perdida, da autora Carina Rissi, e gostei bastante. Pela sinopse esse novo romance dela parece ser muito bom também. E com certeza eu vou ler.

A Irlandesa Cecilia Ahern e autora do livro P. S. Eu Te Amo que ficou bem conhecido por causa do filme, e do livro Onde Terminam os Arco-iris. Esses são dois livros que li e recomendo muito, e a história de A Vez da Minha Vida parece ter esse toque magico que a escritora sabe bem por em seus livros.


Depois do livro Cinquenta Tons de Cinza as editoras começaram a perceber que os romances hot tem um amplo publico leitor, por isso muitos livros desse estilo estão sendo lançados ultimamente, de todos os que vi até agora Um Olhar de Amor foi o que mais me interessou. Alem disso gostei da capa, que fugiu do padrão que as outras desse estilo estavam seguindo.


Já vi alguns livros com sereias, mas, nunca me aventurei a ler nenhum, elas  sempre me lembram a Ariel e filmes da Disney. Porem,  esse eu achei a sinopse e a capa interessantes, talvez as sereias não sejam tão chatas depois de tudo. E é um livro de uma autora nacional. Valhe a pena ariscar.


Predestinados - Josephine Angelini




Helen Hamilton passou a vida inteira tentando disfarçar o fato de que é uma garota diferente, mas agora, aos dezesseis anos, isso está cada vez mais difícil. Não apenas por causa de sua força sobre-humana ou porque às vezes, sem motivo aparente, pessoas estranhas simplesmente a atacam, mas também porque ela teme que seu juízo esteja seriamente comprometido. Pesadelos recorrentes com uma estranha viagem pelo deserto e a visão de três mulheres derramando lágrimas de sangue a tem atormentado noite e dia. Ao mesmo tempo, um impulso inexplicável, incontrolável, passa a dominar seus pensamentos: Helen quer matar Lucas, um dos rapazes da glamorosa e misteriosa família Delos. À medida que descobre mais sobre sua verdadeira origem, ela percebe que a relação dos dois está submetida não só à sua vontade, mas a forças e tradições ancestrais.

Resenha retirada do skoob


Sou apaixonada por mitologia em geral, principalmente a mitologia grega e celta, e quando vejo algum livro que trata desse tema já vai para a minha lista de futuras leituras. Porem estou em divida com a série Percy Jackson, não li nenhum livro ainda, e nem sei o porque já que vontade não me falta. Estou falando de mitologia porque é a base do enredo do livro Predestinados da autora Josephine Angelini. Mas, estou me adiantando aos fatos, primeiro vamos falar sobre a historia.

Helen é uma jovem de dezesseis anos que vive com o pai em uma pequena cidade,  ela não é muito popular principalmente por seu medo de se expor ao publico, tem pesadelos perturbadores, e algumas capacidades diferentes dos outros jovens, apesar disso tudo, a vida de Helen é tranquila e estável. Quando a família Delos se muda para a sua cidade é que as coisas ficam realmente estranhas e confusas. A garota senti um ódio assassino e inexplicável contra os jovens da família Delos que vão estudar no seu colégio, e essa emoções são reciprocas.  Helem tenta ficar afastada dos recém chegados o máximo possível, mas, em uma cidade pequena isso é impossível, ainda mais se o destino sempre está empurrado-os na mesma direção.

 Os Delos são uma família misteriosa e entendem muito melhor o que está acontecendo do que a mocinha. Dentre eles, Lucas, é especialmente atraído para Helem, o que tem todo o potencial de uma catástrofe. Logo a mocinha entende que na verdade não sabe quase nada de si mesma, e que todas as esquisitices que enfrentou até então tem uma razão de ser que vai muito alem do que podia imaginar. E as únicas pessoas que podem ajuda-lá são exatamente aqueles que ela deveria temer ou destruir.

O começo do livro é bem batido, do tipo que você lê e pensa já vi isso antes algumas vezes, mesmo assim eu continuei, tinha um pressentimento de que iria melhor e também sabia que em algum momento elementos da mitologia grega apareceriam.  Realmente mais para a metade do livro a história melhorou, principalmente quando muitos mistérios foram revelados e o final foi bem interessante criando novos mistérios e deixando duvidas quanto ao caráter e planos de alguns personagens. Achei bem interessante a maneira que a autora abordou a mitologia, essa parte fugiu do comum o que é muito bom quando se lê muitos livros YA.

A Helem não é uma protagonista ruim, por tudo o que passou e tudo o que descobriu ela foi bem corajosa. A relação dela com o Lucas  começa com ódio por um motivo que está alem deles, mas, ao longo do livro se transforma em outra coisa igualmente forte, porem de natureza diferente. Quando se trata de mitologia grega isso de legado e destino é uma marca muito forte. Outros personagens que são interessantes e que devem ser mencionados são a irmã do Lucas, Cassandra, e o primo Hector, e a melhor amiga da Helem, Claire. e só uma dica para quem vai ler,  os nomes dos personagens não são por acaso.

Esse livro é o primeiro de uma serie, o final me deixou curiosa para ler a sequencia. Acredito que apesar de alguns detalhes a serie tem potencial se a autora conseguir levar a historia sem recorrer as mesmices.


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página