O Labirinto dos Ossos- Rick Riordan

Depois de tantos elogios aos livros infanto-juvenis de Rick Riordan, quem não conhece a serie Percy Jackson, resolvi ler ao algo desse autor. Escolhi Labirinto dos Ossos que é o primeiro livro da serie 39 Clues, só depois que terminei de ler e fui procurar a continuação descobri que na verdade nessa serie cada livro tem um autor diferente, e  o Rick Riordan só inicia e não volta mais. Parece confuso, mas, por enquanto  (já li até o quinto livro) o resultado está bom. Vamos a resenha sobre o Labirinto dos Ossos.



Sinopse 
Imagine se você descobrisse que faz parte de uma família de personalidades que mudaram a História. E imagine se, no minuto seguinte, você tivesse que escolher entre herdar um milhão de dólares ou a primeira de 39 pistas para encontrar o maior tesouro do mundo. Essa é a decisão que os órfãos Amy e Dan Cahill devem tomar em apenas cinco minutos. Os irmãos queimam seus cheques e se lançam na busca das 39 pistas. O que eles nem imaginam é que seus maiores inimigos serão os próprios Cahill, uma família dividida em clãs e capazes de qualquer trapaça para chegar ao tesouro.

Os irmãos Amy e Dan apesas de tão jovens (ela tem 14 e ele 11  anos) não tem  muita sorte, os pais morreram em um misterioso incêndio quando eles eram bem pequenos, e as crianças  ficaram aos cuidados de uma tia-avó insuportável, a unica pessoa que gostava deles era a avó Grace, e agora ela está morta. E para piorar a situação o testamento de Grace revela que há muitos segredos rondando a gigante  família Cahill, e apresenta um grande desafio a todos os parentes, encontrar as 39 pistas. É quando os irmãos aceitam o desafio e participam da caça as pista concorrendo contra seus próprios parentes  que a aventura começa.


Esse livro tem muita ação, o que parece ser o normal para as histórias do Rick Riordan, a Amy e o Dan não tem paz,  tem perseguições,  explosões, espionagem, e viagens para lugares estranhos. Você pode pensar que por serem todos da mesma família  apesar de terem clãs diferentes que dividem os Chill, os caçadores de pista podem agir com camaradagem e se ajudarem não é, nada disso. É uma equipe mais trapaceira que a outra, eles não tem escrúpulos e faram de tudo para vencer, de inocente e desinformado só o Dan e a Amy mesmo. Não é a toa  que o lema desde o começa é "não confie em ninguém". Alem disso o que mais há   nessa  história são os mistérios, que tesouro inestimável é esse que todos se arriscam tanto para encontrar? Porque a avó nunca contou nada aos irmãos? Que clã eles pertencem? O que realmente aconteceu com os pais deles? 

Gostei muito desse livro, tanto que continuo lendo a serie, é super leve, o humor fica garantido pelo Dan que é um pestinha, e como já falei tem muitas aventuras. Os mistérios da busca das pistas que são apresentados nesse livro nos prendem do inicio ao fim, não que no fim explique muita coisa porque é uma serie com dez livros. Também gostei da pista estar ligada a um personagem famoso e/ou um momento histórico real, dessa vez foi falado sobre Benjamin Franklin, descobrimos mais sobre sua história, as invenções, e claro o fato dele ser um Cahill ( afinal todo mundo que é importante de alguma maneira está aparentado a essa antiga e misteriosa família). Não posso falar muito mais do enredo porque o mistérios e as descobertadas que acontecem aos poucos são fundamentais para quem está lendo. Indico esse livro para todos aqueles que apreciam uma boa e rápida história infanto-juvenil. 




Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. 39 Clues é um exemplo de cultura convergente, desde Lost, que não por acaso, foi a série mais premiada da última década.

    ResponderExcluir
  2. Nunca li algo desse autor, mas quero muito ler O Labirinto dos Ossos, pena que a série é muito grande.
    Gostei de sua resenha.
    Bjss
    sete-viidas.blogspot.com
    @moniqueQuimbely

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página