Onde terminam os Arco-iris

Se houvesse uma categoria de livro que mais me surpreendeu no ano de 2010 com certeza Onde Terminam os Arco-iris ganharia. Foi um livro que comecei a ler sem grandes expectativas, mas, que ao fim me conquistou completamente. Já tinha lido o famoso livro P.S. Eu Te Amo da mesma autora, a irlandesa Cecelia Ahern, mas não tinha me emocionado ou envolvido tanto com a história . Por isso esse livro é o primeiro a ser comentado este ano aqui no blog.



Sinopse:
Um encantador romance sobre dois amigos de infância com quem o destino parece brincar. De crianças travessas a adolescentes rebeldes, Rosie e Alex uniram-se como unha e carne, mas a família de Alex se muda e eles se separam. A mágica conexão entre os dois acompanha os altos e baixos da vida de cada um, mas nenhum deles sabe se sua amizade conseguirá sobreviver à distância. Mal-entendidos, circunstâncias e a mais absoluta má sorte os mantiveram separados. Mas quando se virem diante da última oportunidade, apostarão tudo em nome do verdadeiro amor?

A história tem o diferencial de ser contada atrávez bilhetes, cartas, e e-mail trocados pelos diversos personagens.  Dessa forma vemos a evolução da vida de Alex e Rose. Eles se tornam melhores amigos quando crianças e   seguem mantendo essa verdadeira amizade mesmo com o passar dos anos e de seus destinos seguirem caminhos diferentes. Nada na vida deles é fácil,  ou segue o que fora planejado, da primeira separação quando ainda são adolescentes até os desencontros de sentimentos na vida adulta.
 Esse livro vai muito além de um romance juvenil como a sinopse pode nos fazer pensar. Ele fala sobre sonhos, desilusões, e o uso que fazemos do nosso tempo. Os protagonistas passam por um crescimento pessoal e de sentimentos que podem muito bem espelhar os nossos próprios e nos leva a uma serie de reflexões. E, é por isso que me envolvi tanto com a leitura. O tempo passa da mesma maneira independente se estamos fazendo o melhor uso dele ou não.Ter sonhos e planos de vida, e por um erro de momento ou um acontecimento imprevisto ver tudo acabar, pode acontecer com qualquer um. Mas lutar, depois de muito tempo de fracassos e esperanças perdidas, por aquilo que sonhou de inicio, isso é só para poucos.
 Queria poder comentar cada trecho interessante do livro que me fez rir ou chorar, e foram muitos mesmo, mas, se eu fizer isso vou acabar revelando a história toda e ninguém vai querer ler o livro. Então, somente por que acho que Onde Terminam os Arco-iris deve ser leitura obrigatória   vou parar por aqui. Deixando um trecho interessante só para vocês terem uma prova do que eu digo.

"...Quando você é criança acredita que pode ser tudo o que quiser, ir onde quer  que deseje. Não há limites. Espera o inesperado, acredita em mágica. Então fica mais velho e essa inocência é rompida. A realidade da vida entra no caminho e você é golpeado pela percepção que não pode ser tudo o que quer, que simplesmente pode precisar se conformar com um pouco menos. Porque paramos de acreditar em nós mesmos? Porque deixamos que fatos e números, ou qualquer outra coisa  que não seja sonhos governem nossas vidas?..."


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página