Wake- Despertar

Deixando de lado vampiros, anjos e afins, mas, sem sair completamente do tema sobrenatural temos a serie Wake de Lisa McMann, que viaja no mundo dos sonhos, ou seriam pesadelos.



Sinopse:
Para Janie, uma garota de 17 anos, ser sugada para dentro dos sonhos de outras pessoas está se tornando normal. Janie não pode contar a ninguém sobre o que acontece com ela - eles nunca acreditariam, ou pior, achariam que é uma aberração. Então, ela vive no limite, amaldiçoada com uma habilidade que não quer e não pode controlar. Mas, de repente, Janie acaba presa dentro de um pesadelo horrível, que lhe causa um imenso terror. Pela primeira vez, ela deixa de ser expectadora e se torna uma participante.

Esse livro me surpreendeu bastante.  Ao ler a sinopse pensei que era mais uma história com elementos sobrenaturais do tipo, menina confusa com poderes desconhecidos que descobre que uma bruxa, anjo, fada ou coisa assim. Mas, wake não tem nada disso. Janie realmente tem uma estranha e incomum habilidade  de entrar nos sonhos das outras pessoas. Ela não tem escolha, basta alguem dormir e sonhar perto dela e a Janie é puxada para esse sonho. Isso atormenta a vida dela, que por si só já não é fácil. Filha de pai desconhecido e tendo uma mãe alcoólatra, a garota teve que se tornar responsável muito cedo, trabalhando, estudando, e tentando ficar longe de pessoas dormindo. 

Janie não tem um mestre para orienta-la na arte de invadir sonhos dos outros. Ela está completamente sozinha, carregado o peso desse segredo e de uma vida bem difícil para uma adolescente de dezessete anos. O que eu gosto na Janie é que apesar de todos os problemas ela não se faz de vitima ou coitadinha, sabe que tem que seguir em frete pelo seu próprio esforço. Por isso ela trabalha economiza dinheiro para ir a faculdade. Em meio há tantas dificuldades, ela conhece Cabel, um cara que parece ser capaz de aceitar essa  estranha habilidade dela, motivando Janie a conhecer mais sobre si mesma. Porem, como eu já falei, a vida dessa garota não é fácil, e Cabel talvez não seja quem ela pensou que fosse .

O livro é bem pequeno, e não se aprofunda muito em detalhes. Os personagens secundários são quase inexistentes, a história gira em torno da Janie e sua relação com o mundo e si mesma. A autora tem uma maneira diferente de escrever, ela  escreve muitas frases curtas, acho que deve ser para dar mais efeito a algumas situações. Achei interessante que ela  coloca data e hora constantemente, assim nós temos noção em que Janie fica preza nos sonhos. Já li resenhas reclamando da narrativa do livro, mas, eu não achei ruim. A leitura fluiu bem, me envolvi tanto com o drama de Janie que li  as 205 páginas em uma noite, e no dia seguinte já comecei a ler o próximo livro da serie. Eu indico Wake para que quiser sair um pouco desses temos tão usados  e conhecer uma serie realmente diferente.

Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Ei! Louca para ler essa série...
    Parece bem legal, apesar da narrativa rápida, né?
    Bjus,
    Náh

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página