Cidade de Vidro- Os instrumentos Mortais 3

Se eu fosse fazer uma lista dos meus livros favoritos separados por gênero literário, a série Os Instrumentos Mortais sem duvida ficaria em primeiro lugar na categoria Young Adult. O primeiro livro Cidade dos Ossos me conquistou completamente, Cassandra Clare criou uma história cativante, com personagens ótimos, muita ação, romance, e humor. Praticamente devorei as mais de 400 paginas do livro, e quando acabou eu tinha que ler logo o segundo livro Cidade das Cinzas, nem esperei lançar aqui no Brasil, li a tradução que se encontra na internet. Normalmente segundos livros de séries tem a tendencia a me decepcionar, mas, com Cidade das Cinzas foi o oposto, ele superou as minhas expectativas continuando a história do primeiro de maneira perfeita. O que me levou a ler o terceiro e ultimo livro, Cidade de Vidro, em seguida. E posso dizer que Cidade de Vidro é o melhor de todos.     

Sinopse:
Para salvar a vida de sua mãe, Clary precisa viajar à Cidade de Vidro, lar ancestral dos Shadowhunters (Caçadores de Sombras) - não importa que entrar a cidade sem permissão seja contra a lei e que desobedecer às leis possa significar a morte. Para piorar as coisas, ela descobre que Jace não a quer lá, e que Simon foi jogado na prisão pelos Shadowhunters, os quais estão profundamente desconfiados de um vampiro que suporta a luz do dia. Enquanto descobre mais coisas a respeito do passado de sua família, Clary encontra um aliado no misterioso Shadowhunter Sebastian. Com Valentine juntando a força total de seu poder para destruir todos os Shadowhunters, a única chance destes sobreviverem é lutando ao lado de seus inimigos eternos. Mas conseguirão os Downworlders (Moradores do Submundo) e os Shadowhunters colocar seu ódio de lado a fim de trabalharem juntos? Enquanto Jace percebe exatamente quanto está disposto a arriscar por Clary, conseguirá ela dominar seus recém-descobertos poderes para ajudar a salvar a Cidade de Vidro - custe o que custar? O amor é um pecado mortal e Clary e Jace descobrem que os segredos do passados podem ser fatais ao enfrentarem Valentine no último volume da trilogia The Mortal Instruments (Os Instrumentos Mortais), integrante da lista de mais vendidos do New York Times. 
Sinopse Retirada do Skoob

É muito difícil fazer uma resenha sobre o terceiro livro de Os Instrumentos Mortais sem soltar nenhum spoiler, principalmente dos  dois livros anteriores. Mas, vou fazer o possível, afinal a minha intenção é fazer que mais pessoas se interessem por essa que é umas das minhas série favoritas e não o contrario. É claro que dessa forma não vou expressar nem metade do que gostaria, o que de certa forma é bom porque se não essa resenha se tornaria terrivelmente longa.

Cidade de Vidro mantem o mesmo ritmo intenso, cheio de ação, e reviravoltas que é característico dessa série. Os personagens que nós aprendemos a amar ou odiar continuam mantendo bem suas personalidades apesar das diversas situação conflitantes que se metem. E, também temos novos personagens, um em especial que tem muita importância para o desenrolar da trama. Para quem leu os outros livros (espero realmente que vocês tenham lido) sabe como as coisas estavam complicadas para os mocinhos da trama Jace e Clary, parece que cada vez eles estão mais longe de ter paz, é um problema pior que outro. E  que Valentine, que como todo bom vilão  é persistente e sem escrúpulos para alcançar seu objetivo . Esse sendo o ultimo livro é claro que tudo se resolve, mas o caminho para que isso aconteça é longo e complicado, na verdade demora 476 páginas que eu levei dois dias para ler.

Esse livro foi bem mais carregado emocionalmente e com menos espaço para o humor.  os diálogos como sempre são ótimos, principalmente mais para o final. Cassandra Clare se superou criando momentos tristes  e emocionantes que envolvem o leitor nos fazendo sofrer junto com os personagens., incluindo uma perda trágica, e traições. Não houve grandes surpresas, alguns dos mistérios eu já tinha desvendado no segundo livro, coisa de leitora compulsiva que mesmo depois que o livro acaba fica horas relembrando a história juntando as peças do quebra cabeça e ponderando sobre as possibilidades. Outras coisas eram meio obvias, se você pensar que é  um YA e não uma tragédia shakespeariana. E, mesmo já sabendo o que esperar fiquei ansiosa em cada pagina, e suspirei com o final que  foi perfeito.

A escritora Cassandra Clare que é muito espertinha percebendo o sucesso de Instrumentos Mortais está escrevendo uma outra trilogia  dando continuidade a história dos personagens que nós já conhecemos, com destaque para o Simon. Ainda não li esse novo livro, mas, na minha opinião, por mais que eu goste da serie, o final está perfeito com Cidade de Vidro, e prolongar a história pode perder o encanto. Portanto até que eu leia City Fallen Angels vou continuar considerando  Cidade de Vidro como o fim.

Cidade de Vidro é um livro digno para fechar essa serie que eu adoro tanto. Queria poder contar cada detalhe que mais gostei, os melhores momentos mais emocionantes e os melhores dialogos  só para vocês poderem sentir como gostei desse livro. Mas, isso incluiriam os temíveis spoilers e como já disse não quero acabar com a diversão de ninguém. Então fica a minha recomendação, podem ler Cidade de Vidro  sem medo porque é muito bom, e se você ainda não leu nenhum livro da série Os Instrumentos Mortais está perdendo tempo.

Outros Livros da Série:
Cidade dos Ossos
Cidade das Cinzas


Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Oii, primeira visitinha por aqui o/
    Adorei seu blog! Muito fofo...
    Estarei comentando seus post!
    E seguindo, me segue também!
    Bjss *-*
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, se antes ja queria ler essa séire, agora quero mais do que nunca! oO

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página